Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 26 de Maio de 2018





Unicef pede ajuda urgente de US$ 220 milhões para crianças sírias
Aproximadamente 6 milhões de crianças sírias precisam de assistência


16 de Junho de 2017 - 11:15           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) informou nesta sexta-feira que precisa imediatamente de US$ 220 milhões para ajudar 9 milhões de meninas e meninos que vivem precariamente na Síria e em outros países da região.

Aproximadamente 6 milhões de crianças sírias precisam de assistência urgente para sobreviver e mais 2,5 milhões estão acolhidas em países próximos e também demandam socorro imediato, de acordo com a coordenadora do Unicef na Síria, Amam Geneviève Boutin.

Sem uma "urgente injeção de dinheiro", o Unicef precisará cortar programas básicos, entre eles a entrega de água potável e os serviços de saneamento para 1,2 milhão de crianças que moram em campos de refugiados, acampamentos informais ou estão acolhidas em comunidades. Além disso, será necessário reduzir ou acabar com programas de saúde e a com a distribuição de alimentos essenciais para a sobrevivência de 5,4 milhões delas. A informação é da Agência EFE.

Segundo Amam, se o organismo não conseguir tais valores também será preciso cortar a ajuda em dinheiro dada a 500 mil meninos e meninas para ir à escola em vez de trabalhar.
"Temos que pensar que não estamos ajudando os sírios só agora. Estamos pensando no futuro deles. Atualmente, 2 milhões de crianças sírias estão fora das salas de aula. Precisamos evitar de todas as formas que esse número aumente", disse a coordenadora.

Ainda de acordo com Amam, manter meninos e meninas na escola não evita apenas que eles deixam de estar na rua trabalhando, mas também previne a exposição a outros perigos, como o abuso sexual, e reduz a incidência dos casamentos precoces.










Plantão

.
25/05/2018 - 14:43   Em reunião inédita, governador ouve demandas de cada um dos segmentos industriais do Estado
25/05/2018 - 12:35   Governo usará Exército para desobstruir rodovias, diz fonte
25/05/2018 - 10:47   Ação entre amigos visa ajudar família de bebê doente em Itaporã
25/05/2018 - 09:59   Greve dos caminhoneiros suspende visita de Geraldo Alckmin ao MS
25/05/2018 - 09:55   Traficante abandona veículo com maconha e acaba preso após ação conjunta
25/05/2018 - 09:21   Câmara de Itaporã apoia a mobilização dos Caminhoneiros
25/05/2018 - 09:12   Comércio fecha as portas mais cedo em apoio à greve dos caminhoneiros
25/05/2018 - 09:03   Em áudio vazado, ministros do STF classificam greve de caminhoneiros como ´absurdo´
25/05/2018 - 09:01   Reformulado e sem risadinha: CBF lança Canarinho Pistola de pelúcia por R$ 99
25/05/2018 - 08:59   Com quatro deputados, futuro do DEM na sucessão é incógnita
25/05/2018 - 08:58   EUA pedem para quem viajar ao Brasil estocar água e itens domésticos
25/05/2018 - 08:55   Em Mato Grosso do Sul, cerca de 100% das indústrias devem parar
25/05/2018 - 08:53   Com 471 empresas no programa, governo espera arrecadar R$ 500 milhões em três anos
25/05/2018 - 08:52   Maia admite que perda na arrecadação com PIS/Pasep será de R$ 9 bilhões
25/05/2018 - 08:48   Caminhoneiros mantêm 37 pontos de bloqueio nas rodovias do MS, diz PRF
25/05/2018 - 08:46   Esfaqueado nas costas durante briga pode perder movimentos
25/05/2018 - 08:45   Paralisações de caminhoneiros afetam rotina em todo o Estado
25/05/2018 - 08:44   ANP flexibiliza regras para garantir combustível durante paralisação
25/05/2018 - 08:43   Conheça 5 plataformas que ajudam o eleitor conhecer melhor os políticos
25/05/2018 - 08:41   Eleição presidencial será teste para sistema político, dizem especialistas
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!