Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018





Simone pede mobilização contra Maia para suspender cobrança de bagagem
Simone Tebet diz que houve aumento irregular no preço dos voos


13 de Novembro de 2017 - 16:28           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

A senadora Simone Tebet (PMDB) sugeriu uma campanha inusitada, que tem como o alvo o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O objetivo é suspender a determinação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) que permitiu a cobrança extra por despacho de bagagens pelas companhias aéreas.

De acordo com a peemedebista, o Senado já aprovou uma resolução que suspende a cobrança para despachar bagagem, e isso também já vou aprovado em uma comissão da Câmara, faltando apenas analise do plenário. Por isso, ela pede que a população pressione Maia a pautar o projeto.

“Se (a Câmara) aprovar não precisa nem da sanção do presidente da República, é uma resolução, é automaticamente publicada e passa a ter efeito imediato”, explicou a senadora.

A parlamentar também propôs a realização de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos para discutir a possível ‘fraude’ na cobrança de bagagens. Ela quer a presença dos presidentes da Anac, das companhias áreas, da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil ), do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e do responsável ela Conut (Confederação Nacional dos Usuários de Transportes Coletivos).

Ela afirmou que estudos do IBGE feitos desde que a cobrança passou a valer, em maio deste ano, mostram que enquanto a inflação no período não chegou a 1% as passagens áreas tiveram aumento médio de 16,9%.

“A Fundação Getúlio Vargas fez análise mais ampla e constatou que se levarmos em conta aumento de preço voos nacionais e regionais houve aumento de mais de 30%”, pontuou Simone.











Plantão

.
17/01/2018 - 14:35   Depois de passar por MS, homem morre em SP com suspeita de febre amarela
17/01/2018 - 13:52   Itaporã fecha exercício 2017 com R$ 3,0 milhões a menos que 2016.
17/01/2018 - 12:00   Ottoni se matou com a mesma arma que assassinou Halley com três tiros
17/01/2018 - 11:40   Motorista avança preferencial, bate em outra caminhonete que atinge muro
17/01/2018 - 11:20   Motociclista morre depois de se envolver em acidente com ônibus
17/01/2018 - 10:54   Funsat oferece mais de 200 vagas com salário de até R$ 2 mil
17/01/2018 - 10:44   Acidente entre Voyage e Palio deixa três pessoas feridas na BR-163
17/01/2018 - 10:00   MS terá mais cinco aparelhos de radioterapia para tratar câncer pelo SUS
17/01/2018 - 09:50   Motorista desvia de tamanduá e capota caminhão com tijolos em rodovia
17/01/2018 - 09:40   Promotoria pede na Justiça afastamento de prefeito de Ribas do Rio Pardo do cargo
17/01/2018 - 09:20   Pré-custeio da safra 2018/19 deve chegar a R$ 12 bilhões
17/01/2018 - 09:00   Setor de mineração reage e movimenta R$ 1 bilhão em MS
17/01/2018 - 08:40   Rose diz que missão como vice foi cumprida; meta, agora, é Brasília
17/01/2018 - 08:20   Marun admite que ainda não tem votos suficientes para a reforma da Previdência
17/01/2018 - 08:00   Condenação de vereador chega na Câmara, mas presidente ainda não teve acesso
17/01/2018 - 07:40   Processo seletivo do Vale Universidade oferecerá 550 vagas em MS
17/01/2018 - 07:00   Homem é assassinado com cinco tiros enquanto caminhava por bairro
16/01/2018 - 15:22   APAE comprova desvio de mais R$ 20 mil, mas falta identificar R$ 300 mil do leilão
16/01/2018 - 15:06   Acusado de feminicídio em Três Lagoas é encontrado morto em SP
16/01/2018 - 15:04   Queen e Tina Turner estão na lista de homenageados do Grammy este ano
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!