Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Domingo, 18 de Novembro de 2018





Setor siderúrgico pede alteração de legislação para aproveitamento de material lenhoso



11 de Julho de 2018 - 13:19           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

A Assembleia Legislativa recebeu na manhã desta quarta-feira (11) representantes da indústria siderúrgica, Associação Sul-mato-grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas (Reflore) e Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Florestas Plantadas, com o pedido de intermediar junto ao Governo do Estado, a mudança de legislação para viabilizar a continuidade da permissão do consumo de material lenhoso no Estado.

Segundo o representante das empresas siderúrgicas e presidente da Vetorial, indústria produtora de ferro-gusa, Gustavo Corrêa, a legislação é conflitante. “Temos um gargalo de legislação que impedirá a partir de 1º de janeiro do ano que vem o consumo de material lenhoso nativo no Estado e outra que permite que o carvão possa ser produzido e exportado, mas não possa ser consumido aqui”, explicou.

Corrêa então apresentou uma sugestão de projeto de lei pensado pelo setor e sugerido aos deputados, que altera a Lei 4.163/2012 e autoriza a continuação do consumo de material lenhoso de origem nativa, de supressão ou aproveitamento de corte devidamente autorizado, desde que os grandes consumidores, como as siderurgias, cumpram os planos de autossustentabilidade, plantando suas próprias florestas e pagando pela reposição florestal correspondente. A autorização seria feita por parte de órgão ambiental do Executivo.

“Hoje os números mostram que 95% do corte de material lenhoso vai para produção de carvão e o restante para lenha e móveis. São mais de 3.800 empregos diretos e mais de 20 mil indiretos criados pela indústria, com receita de mais de R$ 13 milhões por mês. Todos anos sobra material no campo. O estado consome menos do que produz e se a legislação permanecer como está o Governo terá que multar o que sobra e o produtor terá que jogar fora”, argumentou Gustavo Corrêa.

Representando o Governo do Estado, o superintendente da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Rogério Beretta, disse que um grupo técnico está acompanhando a questão para analisar possível incongruência da lei e aproveitamento dos recursos. “Queremos ter bom uso das florestas hoje, com responsabilidade dos atores, fortalecimento do setor e geração de receitas ao Estado”, assegurou.











Plantão

.
18/11/2018 - 15:53   Diego Campos conquista o título de Mister Personalidade de Las Américas
18/11/2018 - 12:06   Retomada econômica poderá afetar o campo em 2019
18/11/2018 - 12:05   Consumidor deve ficar atento sobre limites do cartão de crédito
18/11/2018 - 12:03   Edital para inserção de jovens no mercado de trabalho está aberto
18/11/2018 - 12:01   Quase metade dos órgãos federais não tem unidades contra corrupção
18/11/2018 - 10:45   MS tem muito calor e alerta de tempestade em Itaporã e 42 cidades
18/11/2018 - 10:42   Polícia prende homem que se masturbava na rua perto de mulheres e crianças
18/11/2018 - 10:34   Terminam amanhã inscrições para seleção de professores formadores da Uems
18/11/2018 - 10:31   Mulher de ladrão de banco é presa pelo DOF com explosivos
18/11/2018 - 10:08   Força Aérea abre seleção para 400 vagas nesta segunda-feira
18/11/2018 - 10:05   Tráfico Mulher é presa com 56 porções de cocaína nas partes íntimas
18/11/2018 - 10:00   Corpo é encontrado carbonizado dentro de veículo no Jardim Anache
18/11/2018 - 09:53   Ao defender mulher de agressão, homem é esfaqueado pelo namorado dela
18/11/2018 - 09:40   Preso no Paraguai, Marcelo Piloto é acusado de assassinar mulher em cela
18/11/2018 - 09:30   Justiça decide na terça-feira se vereadora perde mandato
17/11/2018 - 18:44   Leilão de gado da APAE acontece neste domingo no Parque de Exposição em Itaporã
17/11/2018 - 10:01   Mais de 900 médicos fazem prova do Revalida neste sábado
17/11/2018 - 09:55   Submarino argentino é encontrado um ano e um dia após desaparecimento
17/11/2018 - 09:52   Jovem é presa na MS-164 tentando levar droga para o Mato Grosso
17/11/2018 - 09:51   Casamento comunitário terá casais homoafetivos pela primeira vez
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!