Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 25 de Setembro de 2018





Setor siderúrgico pede alteração de legislação para aproveitamento de material lenhoso



11 de Julho de 2018 - 13:19           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

A Assembleia Legislativa recebeu na manhã desta quarta-feira (11) representantes da indústria siderúrgica, Associação Sul-mato-grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas (Reflore) e Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Florestas Plantadas, com o pedido de intermediar junto ao Governo do Estado, a mudança de legislação para viabilizar a continuidade da permissão do consumo de material lenhoso no Estado.

Segundo o representante das empresas siderúrgicas e presidente da Vetorial, indústria produtora de ferro-gusa, Gustavo Corrêa, a legislação é conflitante. “Temos um gargalo de legislação que impedirá a partir de 1º de janeiro do ano que vem o consumo de material lenhoso nativo no Estado e outra que permite que o carvão possa ser produzido e exportado, mas não possa ser consumido aqui”, explicou.

Corrêa então apresentou uma sugestão de projeto de lei pensado pelo setor e sugerido aos deputados, que altera a Lei 4.163/2012 e autoriza a continuação do consumo de material lenhoso de origem nativa, de supressão ou aproveitamento de corte devidamente autorizado, desde que os grandes consumidores, como as siderurgias, cumpram os planos de autossustentabilidade, plantando suas próprias florestas e pagando pela reposição florestal correspondente. A autorização seria feita por parte de órgão ambiental do Executivo.

“Hoje os números mostram que 95% do corte de material lenhoso vai para produção de carvão e o restante para lenha e móveis. São mais de 3.800 empregos diretos e mais de 20 mil indiretos criados pela indústria, com receita de mais de R$ 13 milhões por mês. Todos anos sobra material no campo. O estado consome menos do que produz e se a legislação permanecer como está o Governo terá que multar o que sobra e o produtor terá que jogar fora”, argumentou Gustavo Corrêa.

Representando o Governo do Estado, o superintendente da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Rogério Beretta, disse que um grupo técnico está acompanhando a questão para analisar possível incongruência da lei e aproveitamento dos recursos. “Queremos ter bom uso das florestas hoje, com responsabilidade dos atores, fortalecimento do setor e geração de receitas ao Estado”, assegurou.











Plantão

.
25/09/2018 - 09:48   Prefeito Marcos Pacco assina termo de cooperação com Energisa, sobre manejo de arborização
25/09/2018 - 09:46   Ação de saúde na BR-163/MS acontece quarta (26)
25/09/2018 - 09:29   Gol carregado com 161 kg de maconha é apreendido em Dourados
25/09/2018 - 09:28   Pacientes terão acesso a informações sobre médicos credenciados
25/09/2018 - 09:01   Vereador solicita patrolamento, cascalhamento e caixas de contenção no Bandeirantes
25/09/2018 - 08:25   MPE proíbe eventos em local tradicional na Capital
25/09/2018 - 08:21   Homem invade residência e estupra menina de 12 anos
25/09/2018 - 08:13   Polícia encontra bilhete com “mula” e fecha entreposto de drogas no Estrela Porã
25/09/2018 - 08:00   Paola Antonini: ´minha autoestima melhorou depois que perdi a perna´
25/09/2018 - 07:50   Cidadão pode participar de decisões da Justiça como Jurado Voluntário
25/09/2018 - 07:40   Toffoli sanciona lei que amplia licença paternidade nas Forças Armadas
25/09/2018 - 07:30   Direção trava e condutor fica ferido ao colidir carro em rampa de caminhão
25/09/2018 - 07:20   Juiz anula decisão sobre patente de remédio para hepatite C
25/09/2018 - 07:10   ´MasterChef Profissionais´ terá mais uma ´Caixa Misteriosa´ nesta terça
25/09/2018 - 07:00   Três Projetos de Lei serão votados durante Ordem do Dia desta terça-feira
24/09/2018 - 19:46   Temer vai procurar sucessor para fazer reforma da Previdência este ano
24/09/2018 - 15:54   Com Ação Global ESF Copacabana comemora dois anos de atividades em Itaporã
24/09/2018 - 15:46   CCR MSVia informa que objeto na pista é ocorrência comum na BR-163/MS
24/09/2018 - 15:45   Semana de Execução termina com R$ 2,3 milhões pagos aos trabalhadores em MS
24/09/2018 - 15:44   Mais de 51 mil pessoas com direito ainda não sacaram o PIS em MS
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!