Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 24 de Junho de 2017





Sérgio Cabral deve ficar duas décadas preso em regime fechado
Ex-governador é acusado por corrupção e lavagem de dinheiro


16 de Junho de 2017 - 11:16           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Sérgio Cabral deve ficar duas décadas preso em regime fechado

 
 
Preso desde novembro do ano passado, o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), tem se revelado imbatível em quebrar recordes.

Nenhum político brasileiro tornou-se alvo de tantas ações penais (ele cravou dez) na operação Lava-Jato. Até agora também não apareceu ninguém que teve o próprio bolso tão generosamente irrigado pelo propinoduto — os procuradores recuperaram mais de 300 milhões de reais em quinze contas no exterior que, embora em nome de doleiros, são de Cabral.

Na última terça 13, ele deu mais um passo em direção ao topo do ranking da vergonha. O juiz Sérgio Moro o condenou a 14 anos e dois meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

“Ainda tem muita coisa para vir por aí”, antecipou a VEJA um procurador envolvido nas investigações no Rio de Janeiro. O desenrolar de novos fios do engenhoso esquema de corrupção fluminense aponta para contratos selados entre o governo e empresas de comunicação e prestadores de serviços nas áreas de saúde e educação.

Com base nas dez denúncias oferecidas pelo Ministério Público Federal, VEJA ouviu advogados criminalistas e procuradores para projetar o futuro penal do ex-governador, que de róseo não tem nada. Se mantida a dosimetria média adotada pelo juiz paranaense nos demais casos, Cabral seria condenado a 140 anos de prisão e só poderia tentar progressão para o regime semiaberto ou até aberto depois de 23 anos de cadeia.










Plantão

.
24/06/2017 - 18:00   Santos de Patricia Sochor encara “sensação” do Brasileiro nas semifinais
24/06/2017 - 17:40   Polícia apreende pasta base de cocaína em compartimento secreto de caminhão
24/06/2017 - 17:29   Motorista preso com 1,5 tonelada de maconha receberia R$ 120 mil
24/06/2017 - 17:20   Campeã regional, Adac/Rádio Clube briga pelo título do Brasileiro Juvenil
24/06/2017 - 17:00   Por 53 cm, atleta do Estado perde medalha no Brasilero Sub-18
24/06/2017 - 16:50   Exaltados por Ceni, analistas do SP enfrentam pressão e excesso de indicações
24/06/2017 - 16:40   Homem preso por estupro de irmãs usava doces para atrair vítimas
24/06/2017 - 16:30   Política de Trump produz menos deportações e mais prisões de imigrantes
24/06/2017 - 16:20   Receita Federal alerta para envio de falsas intimações pelos Correios
24/06/2017 - 16:10   Transporte aéreo cresceu nos últimos seis anos, mas tendência é de reversão
24/06/2017 - 16:00   Lewis Hamilton conquista pole 66 na F1; Felipe Massa é 9º
24/06/2017 - 13:35   Motorista do cantor Cristiano Araújo vai a julgamento em julho
24/06/2017 - 10:50   Três Lagoas recebe feira de imóveis neste final de semana
24/06/2017 - 10:40   Deslizamento de terra deixa 5 mortos e 120 desaparecidos na China
24/06/2017 - 10:35   Vereadoras Lourdes Struziati, Célia Frota e Marlei vistoriam obras da Creche Milton Menani
24/06/2017 - 10:30   Jovem de 27 anos é assassinado com três tiros na cabeça
24/06/2017 - 10:20   Preso homem que pretendia vender droga para comprar casa para a esposa
24/06/2017 - 10:10   Compra de um milhão de tiras reagentes deve amenizar situação de pacientes
24/06/2017 - 10:00   Se dizendo policial, homem invade residência e tenta matar mulher a facadas
24/06/2017 - 09:50   Quina de São João sorteia prêmio de R$ 130 milhões em Campina Grande
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!