Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018





Sejusp responde a notificação e garante reparos em pelotão
Há mais de um ano 4º Pelotão da Polícia Militar está sem telhado


11 de Janeiro de 2018 - 16:00           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Sejusp responde a notificação e garante reparos em pelotão

 
 
A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (Sejusp), em resposta a notificação que o governo recebeu na manhã de hoje (11), declarou que as obras do 4º Pelotão de Polícia Militar, em Camapuã, já foram licitadas e a ordem de início está autorizada. De acordo com a contrapartida da Sejusp, a previsão é que até o fim da próxima semana a empresa inicie os reparos necessários na infraestrutura da unidade.

A Associação e Centro Social de Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul (ACS) notificou os órgãos competentes e pediram a interdição do pelotão. A entidade entende que o governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), seja notificado a sanar o problema em até 24 horas sob pena de multa diária de R$ 50 mil. A unidade está sem telhado há quase um ano e os policiais são obrigados a improvisarem lonas pretas para se protegerem das chuvas.

Apesar do anúncio de mais de R$ 90 milhões investidos nos últimos três anos na segurança em Mato Grosso do Sul, as corporações ainda lidam com o descaso por parte do governo do Estado. De acordo com o presidente da entidade, Edmar Soares da Silva, o ex-secretário de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, tomou ciência do fato pessoalmente e prometeu solucionar o problema no ano passado. 

Uma equipe do setor de projetos da Sejusp chegou a vistoriar a unidade, porém, nada foi feito até o momento. “É uma vergonha a Polícia Militar ser exposta a tais condições de trabalho”, criticou Edmar, em ofícios encaminhados à Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Ministério Público Estadual, solicitando a interdição do pelotão.

“Se passaram mais de 300 dias e absolutamente nada foi feito para resolver a questão. Nesta temporada de chuvas, os policiais sobem todos os dias no telhado para improvisar as lonas. Isso quando conseguem essas lonas”, finalizou.










Plantão

.
21/09/2018 - 21:43   Itaporã participa dos Jogos da Melhor Idade em Jardim
21/09/2018 - 21:39   Itaporã realizou palestra de sensibilização da Campanha Setembro Amarelo
21/09/2018 - 16:46   Idoso está perdido em mata no Pantanal desde sábado
21/09/2018 - 16:40   Fazendeiro é autuado em mais de R$ 300 mil por deixar gado com fome e sede
21/09/2018 - 16:39   União arrecada R$ 109,751 bi em tributos em agosto
21/09/2018 - 16:38   MS tem a segunda maior área plantada com eucalipto do País, diz IBGE
21/09/2018 - 16:35   PMA autua dois infratores por pesca ilegal no rio Pardo e apreende pescado e petrechos ilegais de pesca
21/09/2018 - 16:28   Com clima ameno, Primavera começa na noite deste sábado
21/09/2018 - 16:26   Defesa prevê que até 14 estados podem pedir apoio para as eleições
21/09/2018 - 16:20   IFMS abre inscrições em concurso público para técnicos-administrativos
21/09/2018 - 16:19   MP investiga vazamento de esgoto que matou mais de 5 mil peixes em Dourados
21/09/2018 - 16:13   Presidente da Câmara assume o Executivo após cassação de prefeito
21/09/2018 - 16:08   Goiás recebe a Ponte Preta em busca da liderança da Série B
21/09/2018 - 13:11   Três homens são presos com quase meia tonelada de maconha em Coronel Sapucaia
21/09/2018 - 10:51   Hoje é dia de apagar as velinhas e cantar parabéns para Nayara Araújo
21/09/2018 - 10:15   Com munições e pistola dentro de ônibus, homem acaba preso pela polícia
21/09/2018 - 10:10   Por divergências, júri de Nando é adiado e só comparsa será julgado
21/09/2018 - 10:09   MP convoca órgãos de segurança e orienta contra crimes eleitorais
21/09/2018 - 10:08   Polícia Federal faz operação contra fraude no seguro-desemprego
21/09/2018 - 10:06   Megaevento Paralímpico ocorre amanhã em Dourados e Campo Grande
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!