Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018





Prejuízos com estragos das chuvas já chegam a R$ 13,9 mi
Danos continuam, com a rodovia MS-338 totalmente interditada


11 de Janeiro de 2018 - 07:07           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 
O prejuízo causado pelas chuvas constantes nos 13 municípios que decretaram situação de emergência em Mato Grosso do Sul já está em R$ 13,9 milhões, de acordo com dados da Defesa Civil estadual. E a tendência é de mais estragos, já que a previsão ainda é de temporais e ontem, três trechos de rodovias do Estado, além de ruas e estradas rurais, foram interditados depois de serem arrastados pela água. Mais de 11.326 pessoas foram afetadas  pelos danos nas 13 cidades.

 A MS-338 – principal acesso a Santa Rita do Pardo –, que já havia sido parcialmente interditada no dia 2 de janeiro, por  desmoronamento de parte da pista, voltou a ser bloqueada ontem. Outro lado da pista caiu, depois que a única galeria que ainda resiste no local não suportou o volume concentrado das chuvas e foi levada pela água, juntamente com o asfalto.

A Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), gestora das rodovias estaduais em Mato Grosso do Sul, informou que já iniciou os trabalhos de reparação da pista e a confecção de um desvio, mas não há previsão para liberação do trecho.

 Em Coxim, o nível do Rio Taquari foi elevado em 48 centímetros ontem, saindo de 472 para 520 centímetros. A alta fez com o que o rio atingisse a cota de emergência e provocou a quinta maior cheia da estação desde 1964, segundo dados da Sala de Situação do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul).

Em Miranda, as constantes chuvas também têm elevado o nível do rio que leva o nome do município, que já alcança 702 centímetros. 

A Sala de Situação do Imasul monitora os leitos dos principais rios do Estado em 12 pontos e informa a Defesa Civil sempre que o nível supera o limite considerado de alerta ou emergência.


Correio do estado










Plantão

.
18/01/2018 - 19:46   HU-UFGD abre inscrições para seleção simplificada de 21 médicos
18/01/2018 - 19:34   Chuva inunda entrada de túnel em Dourados, água alcança 2m de altura
18/01/2018 - 17:06   Coordenadora de Imunização de Itaporã orienta sobre vacinação contra febre amarela
18/01/2018 - 15:06   Durante Buscas e Apreensão , policia encontra objetos roubados de uma relojoaria em Itaporã
18/01/2018 - 10:20   MPE denuncia por improbidade desembargadora de MS que teve filho preso por tráfico
18/01/2018 - 10:10   Sejusp prepara abertura de concurso para a Coordenadoria-Geral de Perícias
18/01/2018 - 10:00   Como recuperar a senha do Enem 2017
18/01/2018 - 09:50   Empresa de celulose oferece 34 vagas para trabalho no setor florestal
18/01/2018 - 09:40   Justiça nega mais um recurso de Cristiane Brasil
18/01/2018 - 09:30   Ministério da Indústria regulamenta trabalho à distância de funcionários da pasta
18/01/2018 - 09:20   Inmet coloca Capital e 31 municípios em alerta devido a risco de tempestade
18/01/2018 - 09:10   Cai percepção de piora da economia entre comerciantes
18/01/2018 - 09:07   CAARAPÓ: Inscrições para 99 vagas em prefeitura se encerram nesta sexta-feira
18/01/2018 - 09:05   Botijão de gás de cozinha ficará 5% mais barato nas refinarias a partir desta sexta
18/01/2018 - 09:00   Pelo menos 65 pessoas foram assassinadas em conflitos no campo em 2017, diz Pastoral da Terra
18/01/2018 - 08:58   CNH Digital já está disponível em Mato Grosso do Sul
18/01/2018 - 08:52   Mega-Sena, concurso 2.005: ninguém acerta, e prêmio vai a R$ 15 milhões
18/01/2018 - 08:40   Governo Municipal entrega certificados de vários cursos profissionalizantes
18/01/2018 - 08:30   Febraban diz que avalia medidas para melhorar condições do cheque especial
18/01/2018 - 08:26   Sindicato Rural de Itaporã e Senar/MS realizam cursos de artes em tecido
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!