Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 25 de Junho de 2018





Planalto reconhece aumento de desgaste com nova decisão contra posse de ministra
ão foi a primeira vez que a Justiça negou pedido para viabilizar a posse


11 de Janeiro de 2018 - 07:20           principal  |  imprimir - Enviar Materia

Foto: Divulgação

 

Planalto reconhece aumento de desgaste com nova decisão contra posse de ministra

 
 
Um ambiente de desânimo tomou conta do núcleo do governo com nova decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), que negou na noite desta quarta-feira (10) recurso apresentando pela deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) contra a liminar que a impede de assumir o Ministério do Trabalho.

Não foi a primeira vez que a Justiça negou pedido para viabilizar a posse. Na tarde de terça (9), o TRF2 negou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) para garantir a posse. A AGU e a deputada recorreram da decisão judicial que suspendeu a posse após o G1 revelar que Cristiane Brasil foi condenada a pagar R$ 60 mil por dívidas trabalhistas com dois ex-motoristas.

Avaliação realista feita por interlocutores de Temer – logo depois da decisão do juiz federal Vladimir Santos Vitovsky – é de que o governo entrou numa agenda negativa sem solução.

E a tendência é que o desgaste só vai aumentar, já que não há qualquer movimento do PTB de recuar da indicação de Cristiane Brasil.

Diante disso, a ordem no Palácio do Planalto é manter o apoio ao PTB, e com isso, pelo menos capitalizar politicamente junto ao aliado o gesto de solidariedade. Tanto que o ministro da articulação política, Carlos Marun, afirmou ao Blog que o governo manterá a indicação de Cristiane Brasil, mesmo com nova decisão da Justiça.









G1










Plantão

.
25/06/2018 - 13:25   PM preso em operação da PF tinha mais de 20 anos de atuação na corporação
25/06/2018 - 12:01   Goleiro brasileiro morre após ser atropelado por ônibus em Recife
25/06/2018 - 11:59   Operações da CCR MSVia auxiliam execução de obras e serviços na BR-163/MS
25/06/2018 - 11:19   Ney Bulla (PSD) apresenta projeto de lei excluindo a cobrança da taxa mínima na conta d´água
25/06/2018 - 11:12   Mato Grosso do Sul tem amplo potencial para transformação de biomassa em energia
25/06/2018 - 11:10   Petrobras poderá negociar até 70% em áreas de cessão onerosa do pré-sal
25/06/2018 - 11:08   Projeto garante realização de drenagem linfática pelo SUS
25/06/2018 - 11:05   Após fuga, motorista capota carro carregado com drogas
25/06/2018 - 11:03   Ícaro rejeita Luzia: ´Você não é minha mãe, nem nunca vai ser!´
25/06/2018 - 11:03   Dólar abre a semana em baixa de 0,32%
25/06/2018 - 11:01   Sete de Setembro e Operário atropelam na estreia da competição
25/06/2018 - 10:59   Primeiro Hackathon Unigran envolveu 64 alunos de quatro cursos
25/06/2018 - 10:59   Angèlica: Câmara abre concurso com salários de até R$ 3 mil
25/06/2018 - 10:56   Jovem de 17 anos morre após ser atropelado por motorista bêbado
25/06/2018 - 10:55   PF mira família em MS que comandava tráfico para outros estados
25/06/2018 - 10:43   Faculdades do Senai da Capital e Dourados encerram dia 11 de julho inscrições do vestibular
25/06/2018 - 10:33   Adriano Martins volta a cobrar quebra-molas e iluminação pública em Avenida
24/06/2018 - 16:55   EUA dizem estar trabalhando para reunir 2.053 crianças imigrantes com suas famílias
24/06/2018 - 16:52   Homem tenta fuga, carro sai da pista e ele acaba preso com quase 0,5 t de droga
24/06/2018 - 16:41   Pré-candidato à presidência da República chega na Capital amanhã (25
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!