Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018





Planalto reconhece aumento de desgaste com nova decisão contra posse de ministra
ão foi a primeira vez que a Justiça negou pedido para viabilizar a posse


11 de Janeiro de 2018 - 07:20           principal  |  imprimir - Enviar Materia

Foto: Divulgação

 

Planalto reconhece aumento de desgaste com nova decisão contra posse de ministra

 
 
Um ambiente de desânimo tomou conta do núcleo do governo com nova decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), que negou na noite desta quarta-feira (10) recurso apresentando pela deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) contra a liminar que a impede de assumir o Ministério do Trabalho.

Não foi a primeira vez que a Justiça negou pedido para viabilizar a posse. Na tarde de terça (9), o TRF2 negou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) para garantir a posse. A AGU e a deputada recorreram da decisão judicial que suspendeu a posse após o G1 revelar que Cristiane Brasil foi condenada a pagar R$ 60 mil por dívidas trabalhistas com dois ex-motoristas.

Avaliação realista feita por interlocutores de Temer – logo depois da decisão do juiz federal Vladimir Santos Vitovsky – é de que o governo entrou numa agenda negativa sem solução.

E a tendência é que o desgaste só vai aumentar, já que não há qualquer movimento do PTB de recuar da indicação de Cristiane Brasil.

Diante disso, a ordem no Palácio do Planalto é manter o apoio ao PTB, e com isso, pelo menos capitalizar politicamente junto ao aliado o gesto de solidariedade. Tanto que o ministro da articulação política, Carlos Marun, afirmou ao Blog que o governo manterá a indicação de Cristiane Brasil, mesmo com nova decisão da Justiça.









G1










Plantão

.
18/01/2018 - 19:46   HU-UFGD abre inscrições para seleção simplificada de 21 médicos
18/01/2018 - 19:34   Chuva inunda entrada de túnel em Dourados, água alcança 2m de altura
18/01/2018 - 17:06   Coordenadora de Imunização de Itaporã orienta sobre vacinação contra febre amarela
18/01/2018 - 15:06   Durante Buscas e Apreensão , policia encontra objetos roubados de uma relojoaria em Itaporã
18/01/2018 - 10:20   MPE denuncia por improbidade desembargadora de MS que teve filho preso por tráfico
18/01/2018 - 10:10   Sejusp prepara abertura de concurso para a Coordenadoria-Geral de Perícias
18/01/2018 - 10:00   Como recuperar a senha do Enem 2017
18/01/2018 - 09:50   Empresa de celulose oferece 34 vagas para trabalho no setor florestal
18/01/2018 - 09:40   Justiça nega mais um recurso de Cristiane Brasil
18/01/2018 - 09:30   Ministério da Indústria regulamenta trabalho à distância de funcionários da pasta
18/01/2018 - 09:20   Inmet coloca Capital e 31 municípios em alerta devido a risco de tempestade
18/01/2018 - 09:10   Cai percepção de piora da economia entre comerciantes
18/01/2018 - 09:07   CAARAPÓ: Inscrições para 99 vagas em prefeitura se encerram nesta sexta-feira
18/01/2018 - 09:05   Botijão de gás de cozinha ficará 5% mais barato nas refinarias a partir desta sexta
18/01/2018 - 09:00   Pelo menos 65 pessoas foram assassinadas em conflitos no campo em 2017, diz Pastoral da Terra
18/01/2018 - 08:58   CNH Digital já está disponível em Mato Grosso do Sul
18/01/2018 - 08:52   Mega-Sena, concurso 2.005: ninguém acerta, e prêmio vai a R$ 15 milhões
18/01/2018 - 08:40   Governo Municipal entrega certificados de vários cursos profissionalizantes
18/01/2018 - 08:30   Febraban diz que avalia medidas para melhorar condições do cheque especial
18/01/2018 - 08:26   Sindicato Rural de Itaporã e Senar/MS realizam cursos de artes em tecido
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!