Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Domingo, 22 de Abril de 2018





PMA autua fazendeiro em R$ 10 mil por obra de represa em área protegida
Foram construídas duas represas, barrando um córrego que corta a propriedade, Segundo a PMA, a obra foi construída sem autorização do órgão ambiental competente


13 de Abril de 2018 - 09:04           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 
Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado localizaram ontem uma área degradada em propriedade rural, onde foram construídas duas represas, barrando um córrego que corta a propriedade, Segundo a PMA, a obra foi construída sem autorização do órgão ambiental competente.

Conforme a PMA, o proprietário, residente em Aparecida do Taboado, havia construído uma represa com aterro de 100 metros, por 5 metros de largura e 2 de altura, que também servia de estrada e outra represa, com um aterro de 80 metros, por 3 metros de largura e 2 metros de altura, degradando as matas ciliares do curso d’água. As sangrias foram executadas com manilhas de concreto.

As atividades foram interditadas. O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 10.000,00. Ele também responderá por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente (APP). Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O fazendeiro foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

Informações ou denúncias que possam ajudar o trabalho policial, devem ser repassadas pelos telefones: Polícia Militar: 190; Polícia Rodoviária Federal: 191; Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRE): 3421.0014; SIG: 3411.8080; DOF: 3411.8080; Defron: 3410.4800 e 3410.4800; Polícia Federal: 3410.1700 e 3420.1757; Polícia Civil - 1º Distrito Policial: 3411.8060; Polícia Civil, 2º Distrito Policial: 3424.6911 e 3424.5633; Guarda Municipal: 199; Polícia Militar Ambiental (PMA): 3357-1500– 9905-7763 - vivo – WhatsApp/ 9106-8628 - Claro / 8171-4270 - (Tim)/ 8475-0553 (Oi).



Dourados Agora










Plantão

.
22/04/2018 - 09:10   Vereadora Lourdes Struziati agradece Governador e Prefeito pelas obras no município
21/04/2018 - 20:17   Paratleta de MS conquista medalhas de ouro em competição nacional
21/04/2018 - 20:13   Indicações ao prêmio Troféu Marco Verde continuam abertas
21/04/2018 - 20:12   Faltam poucos dias para fim do prazo de entrega da declaração do IRPF. Tire suas dúvidas
21/04/2018 - 20:08   Paulista é preso com maconha, skunk e haxixe na rodoviária
21/04/2018 - 20:06   Ministério Público libera Morenão até o fim do Brasileirão
21/04/2018 - 15:54   O itaporanense José Calderan Bordin é o novo Presidente do Sindicato Rural de Caracol.
21/04/2018 - 11:39   NAVIRAI: Advogada morre de H3N2 ao dar entrada em hospital
21/04/2018 - 10:50   TJMS será inspecionado pela Corregedoria Nacional de Justiça na próxima semana
21/04/2018 - 10:47   Plantas comestíveis exóticas chamam atenção em feira de Dourados
21/04/2018 - 10:37   Caminhonete com família capota, esposa é arremessada e morre no local
21/04/2018 - 10:36   Índia aprova decreto que prevê pena de morte para estupro de menores de 12 anos
21/04/2018 - 10:35   Vizinho aproveita saída do pai e estupra menina de 11 anos em Dourados
21/04/2018 - 10:14   Grêmio negocia empréstimo de atacante da base ao Paysandu
21/04/2018 - 10:13   Embriagado, jovem chama policial de ´vagabundo´ e é preso por desacato
21/04/2018 - 10:10   Motociclista invade pista contrária e morre em acidente na MS-473
21/04/2018 - 09:29   Paraguai espera conclusão da rodovia Transchaco até 2020
21/04/2018 - 09:23   Carro de luxo furtado em São Paulo é recuperado em Água Clara
21/04/2018 - 09:20   Pavimentação em rodovia não avança e contrato pode ser rescindido
21/04/2018 - 09:04   Aposta do Distrito Federal fatura sozinha R$ 9,3 milhões da Mega-Sena
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!