Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 16 de Outubro de 2018





Ministro estima reajuste do Bolsa Família e diz que orçamento para 2018 será maior



13 de Novembro de 2017 - 16:36           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, estimou que o Programa Bolsa Família deve ter um reajuste, no próximo ano, entre 0,5% e 1% acima da inflação. O orçamento para a pasta, segundo o ministro, deve alcançar R$ 91 bilhões o que, segundo Terra, superaria os aproximadamente R$ 80 bilhões atuais.

O ministro foi um dos nove chefes de pastas da União que estiveram no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (13), para o lançamento de um programa voltado para adolescentes e crianças de comunidades fluminenses. Também estiveram presentes o presidente Michel Temer, o governador Luiz Fernando Pezão e o prefeito do Rio, Marcelo Crivella.

"[O reajuste] Deve ser acima da inflação. Alguma coisa acima da inflação. Pode ser meio por cento, um por cento. Então, o que vai ter lá pelo mês de março e abril, vai ser por aí", estimou o ministro, que complementou dizendo que não vê problema no acréscimo vir em ano eleitoral.

Como o Orçamento deste ano prevê R$ 29,7 bilhões para o Bolsa Família e o Orçamento de 2018, R$ 28,7 bilhões, o G1 procurou o Ministério do Desenvolvimento Social para saber como será possível conceder reajuste aos beneficiários e aguardava resposta até a última atualização desta reportagem.

Meta fiscal

Terra também avaliou que o reajuste para o programa foi possível, entre outros fatores, graças à nova meta fiscal. O anúncio do orçamento em 31 de agosto, segundo o ministro, não estava de acordo com a revisão da meta e o que chamou de "outro universo" fiscal.

"Teve um anúncio de orçamento, em 31 de agosto, que foi feito num universo sem a nova meta fiscal, e que também foi feito sem a gente saber como ia se comportar a receita. É claro que isso foi feito dois dias antes da nova meta fiscal, a receita já melhorou e temos um outro universo para trabalhar", explicou.

Sobre a expectativa de ter um orçamento para o próximo ano de R$ 91 bilhões, Terra disse que um dos fatores que contribuiu para o incremento foi a revisão dos pagamentos de auxílios-doença. Quase 85% dos beneficiários que recebem a ajuda federal, na verdade, estão aptos para trabalhar, segundo o ministro.

"Teve um programa nosso, gigantesco, que foi em cima do auxílio-doença, do INSS que tá vinculado, agora, ao meu ministério. Então, nós conseguimos reduzir só esse ano R$ 5 bilhões sde auxílio-doença que era pago indevidamente. E até o ano que vem vão ser R$ 19 bilhões, numa população de 1,7 milhão de pessoas que estavam recebido o auxílio-doença há mais de dois anos sem revisão, 85% está apto para o trabalho e não está precisando do auxílio", frisou o ministro.

Midiamax











Plantão

.
16/10/2018 - 14:20   Ana Maria Braga briga na justiça por direito autoral de Louro José
16/10/2018 - 14:00   Familiares continuam na busca por mulher desaparecida e criticam falsos alertas
16/10/2018 - 13:17   Em Campo Grande,vendedor de MS é preso por abusar de menino
16/10/2018 - 13:00   Sicredi Centro-Sul MS realiza 3º sorteio da promoção
16/10/2018 - 12:40   TSE manda retirar do ar vídeos sobre kit gay ligados à gestão Haddad
16/10/2018 - 12:20   Clube do Litoral Central abre o 5º Fesdom amanhã
16/10/2018 - 12:00   Disputa pelo senado custou entre R$ 0,10 e R$ 3,47 por voto em MS
16/10/2018 - 11:20   Professor morre após acidente e mais de 20 dias internado
16/10/2018 - 11:10   Dupla capota carro carregado com maconha após perseguição em Dourados
16/10/2018 - 11:00   Celulose e carnes de bovinos e aves alavancam exportações de industrializados de MS
16/10/2018 - 10:50   IEL encerra sexta-feira inscrições do workshop para capacitação de líderes em Dourados
16/10/2018 - 10:40   Polícia descobre autora de tratamento estético que matou mulher no Rio
16/10/2018 - 10:30   Concurso público com salários de até R$ 2,6 mil convoca candidatos para prova de títulos
16/10/2018 - 10:20   Mercosul repudia atos na Nicarágua e adverte sobre risco à democracia
16/10/2018 - 10:10   Eleições estaduais pesam na escolha dos partidos por neutralidade
16/10/2018 - 10:00   Seleções do Brasil e da Argentina jogam nesta terça-feira na Arábia Saudita
16/10/2018 - 09:50   Rafaella, Irmã de Neymar é indiciada por falsidade ideológica
16/10/2018 - 09:44   Jornalista Gil Gomes morre aos 78 anos em São Paulo
16/10/2018 - 09:40   Governo Temer tem aprovação de 5% e reprovação de 74%, diz Ibope
16/10/2018 - 09:40   Boliviana passa mal dentro de ônibus e é presa com 800 mil dólares
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!