Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 15 de Janeiro de 2019





Mãe de bebê que tomou vodca deixou outro filho com vizinho por 45 dias
A mãe não trabalha e vive com benefício do Loas (Lei Orgânica da Assistência Social) do bebê, que tem paralisia cerebral


10 de Janeiro de 2019 - 15:12           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Mãe de bebê que tomou vodca deixou outro filho com vizinho por 45 dias

 
 
A mãe do menino de 2 anos, socorrido bêbado por tomar bebida alcoólica e inalar fumaça de maconha no domingo (6), já havia perdido a guarda de um dos filhos por abandoná-lo na casa de um vizinho. O caso aconteceu há 5 anos. 

Em 2014, conforme a delegada Anne Karine, da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), a mulher de 32 anos, à época com quatro filhos, deixou um deles, de 11 anos, na casa de um vizinho dizendo que já voltaria.

No entanto, conforme a delegada, a mulher desapareceu. Após 45 dias sem ter notícia da mãe da criança, o vizinho acionou a polícia e o menino foi levado para um abrigo. Segundo a polícia, a mãe não tem problemas com o alcoolismo, nem com drogas, mas é negligente e durante depoimento não demonstrou arrependimento. “Em nenhum momento ela mostrou preocupação ou arrependimento´, diz a delegada.

A mulher tem cinco filhos e já perdeu a guarda de um deles. Outros dois foram retirados dela e estão em um abrigo da cidade. Na terça-feira (8), o bebê e a menina de 11 anos, que ainda estavam sob a guarda da mãe, foram levados pelo Conselho Tutelar após mais um caso de abandono e maus tratos. Ela saiu para beber e o bebê ficou na companhia da irmã de 11 anos, que fuma maconha, e de mais três adolescentes.

“Os adolescentes relataram que o bebê não inalou fumaça de maconha, mas fumou cigarro. Eles não tiraram o cigarro do menino porque acharam engraçado. A delegada acredita que o bebê tomou a vodca com energético porque estava como fome, pois havia passado o dia sem comer. Os adolescentes também serão responsabilizados pelo fato.

A mãe não trabalha e vive com benefício do Loas (Lei Orgânica da Assistência Social) do bebê, que tem paralisia cerebral. Por envolver crianças. O nome da mulher é preservado por imposição do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). A mulher foi indiciada por maus-tratos (com aumento de pena por envolver menores de 14 anos) e abandono de incapaz. Ela disse à polícia, que não tem controle sobre a filha de 11 anos. Já a menina confirmou que consome bebida alcoólica, vai para baile funk e fuma maconha com o consentimento da mãe.







 CAMPO GRANDE NEWS / VIVIANE OLIVEIRA E BRUNA PASCHE










Plantão

.
15/01/2019 - 20:24   Homem é executado com 13 tiros enquanto esperava conserto de veículo
15/01/2019 - 20:22   Interno do semiaberto de Dourados é morto em briga de facções
15/01/2019 - 20:07   Radar flagra Porsche a 113 km por hora nos altos da Afonso Pena
15/01/2019 - 20:04   Suspeito de matar merendeira no Caiobá tem prisão preventiva decretada
15/01/2019 - 20:00   Motorista de bitrem descreve “cena de horror´ em acidente com ônibus
15/01/2019 - 19:57   Governo diz não ter sido notificado de decisão que obriga a retomar concurso da polícia civil
15/01/2019 - 19:56   Bombeiros Militar em Dourados atende ocorrência de pessoa desaparecida
15/01/2019 - 18:49   Com decreto, pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo
15/01/2019 - 17:00   Identificado motorista que morreu em acidente entre ônibus e bitrem
15/01/2019 - 17:00   Macri e Bolsonaro devem discutir amanhã Mercosul e crise na Venezuela
15/01/2019 - 16:40   MP de Goiás apresenta segunda denúncia contra João de Deus
15/01/2019 - 16:20   Período de Declaração de Faturamento para MEI já começou
15/01/2019 - 16:07   Estelionatário promete comprar Fiat Siena de morador de Itaporã, e desaparece com veículo
15/01/2019 - 15:52   Cães encontram drogas em fundo falso de veículo
15/01/2019 - 15:52   Acidente entre ônibus e carreta deixa vítima fatal na BR-163
15/01/2019 - 15:50   Ação do Gaeco terminou com seis pessoas presas
15/01/2019 - 15:47   ‘Pescaria’ em Dourados rendeu mesada de R$ 30 mil, Jeep e até cirurgia plástica a investigados
15/01/2019 - 15:44   Calor de 37,7ºC faz de Aquidauana uma das cidades mais quentes do Brasil
15/01/2019 - 12:26   Amambaí: Câmara de Vereadores passará a atender em novo horário
15/01/2019 - 12:18   PMA prende pela 3ª vez pescador profissional pescando com redes com sua filha adolescente
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!