Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018





MS tem queda na oferta de serviços entre os meses de outubro e novembro



12 de Janeiro de 2018 - 09:37           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

O setor de serviços encolheu 0,30% em Mato Grosso do Sul entre outubro e novembro, segundo pesquisa divulgada nesta sexta-feira (12) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Comparando os penúltimos meses de 2016 e 2017, foi registrada retração de 9,80% nesse seguimento no estado.

Em setembro, conforme o órgão, a queda havia sido de 3,20%. Em todos esses casos, os índices são calculados com o chamado ajuste sazonal, que considera as particularidades como feriados e outros fatores que podem interferir nos resultados.

No acumulado dos últimos 12 meses, o estado teve redução de 10,10% na oferta de serviços à população, mantendo a média registrada nos levantamentos anteriores.

Em contrapartida, a receita obtida pelas empresas ou pessoas que prestam algum tipo de serviço não sofreu variação comparando novembro com outubro. Já no período imediatamente anterior, o IBGE havia contabilizado redução de 1,20% e entre setembro e outubro, a retração nas receitas foi de 2,30%.

Nacional – No Brasil, o setor cresceu 1,0% em relação a outubro na série com ajuste sazonal após recuos de 0,8% em outubro e de 0,1% em setembro. Na comparação com novembro de 2016, houve queda de 0,7%. Já a receita nominal em novembro subiu 1,2% em relação a outubro.

Por atividades, segundo o IBGE, o segmento de “Outros serviços” não teve variação positiva em relação a outubro (0,0%). Os Serviços prestados às famílias e os Serviços de informação e comunicação (ambos com 0,9%) tiveram o maior crescimento, seguidos por Transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (0,6%) e Serviços profissionais, administrativos e complementares (0,2%).











Plantão

.
17/01/2018 - 14:35   Depois de passar por MS, homem morre em SP com suspeita de febre amarela
17/01/2018 - 13:52   Itaporã fecha exercício 2017 com R$ 3,0 milhões a menos que 2016.
17/01/2018 - 12:00   Ottoni se matou com a mesma arma que assassinou Halley com três tiros
17/01/2018 - 11:40   Motorista avança preferencial, bate em outra caminhonete que atinge muro
17/01/2018 - 11:20   Motociclista morre depois de se envolver em acidente com ônibus
17/01/2018 - 10:54   Funsat oferece mais de 200 vagas com salário de até R$ 2 mil
17/01/2018 - 10:44   Acidente entre Voyage e Palio deixa três pessoas feridas na BR-163
17/01/2018 - 10:00   MS terá mais cinco aparelhos de radioterapia para tratar câncer pelo SUS
17/01/2018 - 09:50   Motorista desvia de tamanduá e capota caminhão com tijolos em rodovia
17/01/2018 - 09:40   Promotoria pede na Justiça afastamento de prefeito de Ribas do Rio Pardo do cargo
17/01/2018 - 09:20   Pré-custeio da safra 2018/19 deve chegar a R$ 12 bilhões
17/01/2018 - 09:00   Setor de mineração reage e movimenta R$ 1 bilhão em MS
17/01/2018 - 08:40   Rose diz que missão como vice foi cumprida; meta, agora, é Brasília
17/01/2018 - 08:20   Marun admite que ainda não tem votos suficientes para a reforma da Previdência
17/01/2018 - 08:00   Condenação de vereador chega na Câmara, mas presidente ainda não teve acesso
17/01/2018 - 07:40   Processo seletivo do Vale Universidade oferecerá 550 vagas em MS
17/01/2018 - 07:00   Homem é assassinado com cinco tiros enquanto caminhava por bairro
16/01/2018 - 15:22   APAE comprova desvio de mais R$ 20 mil, mas falta identificar R$ 300 mil do leilão
16/01/2018 - 15:06   Acusado de feminicídio em Três Lagoas é encontrado morto em SP
16/01/2018 - 15:04   Queen e Tina Turner estão na lista de homenageados do Grammy este ano
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!