Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 20 de Novembro de 2018





Justiça manda empresa disponibilizar cobertura 4G em município da fronteira
A ação civil pública foi contra a empresa Telefônica Brasil S.A – Vivo, condenada no ano passado, a pagar indenização por dano moral coletivo no valor de R$ 2 milhões.


13 de Setembro de 2018 - 09:40           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 
Desde o dia 8 passado, a cidade de Bela Vista sudoeste e região de fronteira de Mato Grosso do Sul, passou a contar com sinal de internet móvel 4G, isso depois da determinação da Justiça por meio do Ministério Público do Estado.

A ação civil pública foi contra a empresa Telefônica Brasil S.A – Vivo, condenada no ano passado, a pagar indenização por dano moral coletivo no valor de R$ 2 milhões.   

De acordo com o MPMS, na sentença, também ficou estabelecido que a companhia adotasse as providências necessárias para disponibilizar sinal de telefonia e internet móvel que possibilite, a comunicação entre os usuários dos municípios de Bela Vista e Caracol, sob pena de multa no valor de R$ 500 mil.

Também, sob pena de multa (R$ 500 mil) a justiça determinou também para que não seja veiculada nenhuma publicidade quanto ao sinal 4G, que faça referência à qualidade da internet móvel, nos limites territoriais de Bela Vista e Caracol.

E a determinação continua. A venda de novos chips ou habilitar linhas telefônicas pela operadora, também estão suspensas. A medida vale até a melhoria efetiva do serviço e demonstração, que possui capacidade operacional.

O juiz ainda determinou que a empresa de telefonia publicasse o dispositivo da sentença em dois jornais de grande circulação, para dar amplo conhecimento aos consumidores.

Conforme consta nos autos, a Telefônica Brasil S.A – Vivo apresentou falha na prestação do serviço de telefonia móvel e internet, com constantes quedas das ligações durante as chamadas, longas esperas para que a ligação seja completada ou mesmo iniciada, baixo nível de sinal, falha na transmissão de voz, dentre outros.

Nos autos, o Promotor de Justiça sustentou que a empresa necessita de adequação, eficiência e continuidade na prestação do serviço essencial de telecomunicação e que a publicidade veiculada é enganosa, pois em seu slogan "pega bem" faz crer que o serviço oferecido é de qualidade, ao contrário do que ocorre na realidade.

O processo segue em fase de recurso e, considerando o cumprimento parcial da ordem judicial, o Ministério Público do Estado irá ingressar com pedido de cumprimento provisório da sentença, de modo a compelir a empresa a fornecer o sinal de internet móvel também ao município de Caracol e satisfazer os demais itens da condenação judicial.

Ministério Público










Plantão

.
20/11/2018 - 22:05   Alexandre Mantovani é eleito presidente da OAB em Dourados
20/11/2018 - 21:54   Futuro ministro da saúde Mandetta diz que ´Mais Médico´ parecia convênio entre Cuba e PT
20/11/2018 - 16:43   João Batista de Camargo é reconduzido à Presidência do Sindical
20/11/2018 - 15:05   Vereadora Marlei do Hospital sugere instalação de cestos ecológicos em bocas de lobo
20/11/2018 - 12:12   Repórter da Globo, Fabíola Andrade nega assédio e diz que colega a procurou
20/11/2018 - 12:10   Por que os meninos adolescentes precisam de um especialista
20/11/2018 - 12:07   Homem que energizou cerca onde menor morreu é preso em flagrante por homicídio
20/11/2018 - 12:07   Pare-e-siga da CCR MSVia auxilia execução de serviços na BR-163/MS
20/11/2018 - 11:58   Na reta final para o desligamento do sinal analógico, Seja Digital reforça ações em Dourados e região
20/11/2018 - 11:53   Senai de Corumbá oferece especialização técnica em segurança do trabalho para a construção civil
20/11/2018 - 10:25   Adolescente de 16 anos, com várias passagens pela polícia é encontrado morto em Itaporã
20/11/2018 - 09:44   URGENTE: Corpo é encontrado às margens de estrada em Itaporã
20/11/2018 - 09:41   Em Dourados, adolescente morre ao tocar em cerca elétrica na aldeia Bororó
20/11/2018 - 09:37   Sobrinho de prefeito de MS é sequestrado e executado no Paraguai
20/11/2018 - 08:40   Brasil encara Camarões em último amistoso do ano
20/11/2018 - 08:30   URGÊNCIA Senadores tentam votar projeto que enfraquece a Lei da Ficha Limpa
20/11/2018 - 08:20   Programa Mais Médicos oferece 8.517 vagas a partir de quarta-feira
20/11/2018 - 08:01   Nasce no Rio o pequeno Rael, filho de Isis Valverde e André Resende
20/11/2018 - 08:00   Estudantes têm até sexta-feira para renovar contrato do Fies
20/11/2018 - 07:50   Motorista briga em tabacaria, foge, bate em 4 carros, mas acaba solta
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!