Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018





Homem espanca mulher e tenta se passar por vítima de roubo
Quando os policiais chegaram, o agressor saiu correndo e afirmando que tinha visto um ladrão


09 de Agosto de 2018 - 10:46           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Um homem de 26 anos foi preso na madrugada desta quinta-feira (9), em Três Lagoas, acusado de ter agredido sua esposa, de 32, e também por ter mentido para a Polícia Militar que atendeu a ocorrência. Embora pareça roteiro de novela, segundo o Jornal Midiamax, os policiais encontraram o rapaz caído no chão, afirmando que a casa onde mora com a mulher, tinha sido roubada. 

A PM foi até a residência que fica no bairro Parque São Carlos, e constaram que de fato a casa estava revirada e parte dos móveis quebrada. Conforme noticiado pelo portal, o cachorro do homem estava machucado no quintal. 

Questionado, ele disse que provavelmente, o suposto bandido teria agredido seu cachorro. Os policiais foram até os fundos da residência, momento em que o homem saiu correndo e gritando pelo portão afirmando ter visto o suposto ladrão. 

Os militares foram atrás e na esquina encontram o rapaz caído no chão dizendo que havia sido agredido pelo bandido. Porém, a esposa do agressor apareceu chorando descontroladamente e dizendo aos policiais que teria sido agredida pelo marido. 

Ela disse ainda que precisou fugir para uma pracinha esperando que ele [marido] se acalmasse. Ela contou que estão casados há dez meses e que toda vez que ele bebe fica agressivo e bate nela. O homem tentou avançar na mulher, e foi impedido pelos policiais. O autor ainda a ameaçou de morte na frente dos militares, ainda com base nas informações do Midiamax.

Já dentro da viatura para ser levado para a delegacia, ele confessou ter mentido sobre o roubo da sua casa. Amarrando o cordão da blusa que vestia no pescoço, o rapaz tentou se enforcar dentro do carro dos policiais, mas foi impedido.

Na delegacia, ele foi autuado por violência doméstica e lesão corporal dolosa.











Plantão

.
14/08/2018 - 15:36   Claudia Rodrigues revela tratamento a base de maconha e anuncia volta aos palcos
14/08/2018 - 15:26   Após 13 anos, polícia prende envolvido em assalto ao BC de Fortaleza
14/08/2018 - 15:25   TRF3 determina recadastramento e distribuição regular de cestas básicas a famílias indígenas de MS
14/08/2018 - 15:21   Homem é multado em R$ 1,2 mil após ter caminhão apreendido com madeira ilegal
14/08/2018 - 15:20   ELEIÇÕES 2018 Bolsonaro é o sétimo a registrar candidatura à Presidência
14/08/2018 - 14:19   Com a parceria governo federal e governo do estado, Itaporã é contemplado com motoniveladora.
14/08/2018 - 13:00   Após denúncia policia civil prende homem que matou idoso no Assentamento Eldorado
14/08/2018 - 12:59   Ney Bulla convida toda população para prestigiar o 2° Arraia Fest de Montese
14/08/2018 - 12:06   Guincho do Exército tomba durante resgate de blindado; veja vídeo
14/08/2018 - 12:03   ESTUDO: Seis em cada dez crianças no Brasil vivem na pobreza, diz Unicef
14/08/2018 - 12:02   Campo-grandense é classificado para fase teórica da OBR 2018
14/08/2018 - 12:01   Aposentados começam a receber este mês 1ª parcela do décimo terceiro
14/08/2018 - 11:58   Estudo aponta duas cidades fronteiriças de MS como as mais violentas
14/08/2018 - 11:52   Jovem morre após escopeta disparar acidentalmente
14/08/2018 - 10:20   Amôedo registra e já são seis candidatos à presidência oficializados no TSE
14/08/2018 - 10:00   Gestores cobram da União percentual fixo para gastos com saúde
14/08/2018 - 09:40   Beneficio: Cotistas de todas as idades podem sacar o PIS/Pasep a partir de hoje
14/08/2018 - 09:33   Deputados devem analisar quatro Projetos de Lei nesta terça-feira
14/08/2018 - 09:29   Marcelo Bluma e João Alfredo registram candidatura ao Governo de MS
14/08/2018 - 09:20   Clandestinidade: Veículos são autuados por transporte irregular de passageiros
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!