Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 15 de Janeiro de 2019





Homem cai no golpe do ‘WhatsApp clonado’ e perde mais de R$ 29 mil



11 de Janeiro de 2019 - 08:09           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 
Um homem de 55 anos, morador de Campo Grande, caiu no golpe do “WhatsApp clonado” e perdeu R$ 29.890 nesta quinta-feira, dia 10 de janeiro. Ele procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do centro da Capital, onde fez um boletim de ocorrência de estelionato.

Segundo o site Midiamax, a vítima disse à polícia, que recebeu uma mensagem via WhatsApp – da conta já clonada – na qual o golpista se passava por um amigo que está em viagem ao exterior. O estelionatário então pediu que ele fizesse transferências em dinheiro.

O autor solicitou depósitos de R$ 4.778,00; R$ 6.778,00; R$ 5.778,00; R$ 4.778,00 e R$ 7,778,00 em cinco contas. Após os depósitos, ele recebeu uma ligação, onde autor se passou por conhecido da pessoa que está em viagem. Ao pedir mais dinheiro, a vítima desconfiou.

O homem de 55 anos então ligou para a esposa do amigo e foi informado de que o WhatsApp em questão havia sido clonado. Após o prejuízo, a vítima procurou a delegacia e fez o boletim de ocorrência.

Desde 2017, o golpe já vem sendo aplicado por criminosos que se passam pelo dono da conta e pedem dinheiro a lista de contatos, levantando até então, poucas suspeitas de amigos e parentes.

Os ex-ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun (MDB), e o deputado federal Geraldo Resende (PSDB) já tiveram suas contas clonadas. Em março do ano passado, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), também teve a rede social clonada. 

Como evitar que seu Whatsapp seja clonado

Para evitar cair no golpe, especialistas aconselham os usuários do Whatsapp a usarem a autenticação em dois fatores do aplicativo. Dessa forma, o app usa duas formas diferentes para validar o acesso do usuário.

Assim, para entrar no seu Whatsapp, você terá de digitar uma senha de seis dígitos, o que pode evitar que criminosos entrem na sua conta apenas com a clonagem do número celular.











Plantão

.
15/01/2019 - 19:57   Governo diz não ter sido notificado de decisão que obriga a retomar concurso da polícia civil
15/01/2019 - 19:56   Bombeiros Militar em Dourados atende ocorrência de pessoa desaparecida
15/01/2019 - 18:49   Com decreto, pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo
15/01/2019 - 17:00   Macri e Bolsonaro devem discutir amanhã Mercosul e crise na Venezuela
15/01/2019 - 16:40   MP de Goiás apresenta segunda denúncia contra João de Deus
15/01/2019 - 16:20   Período de Declaração de Faturamento para MEI já começou
15/01/2019 - 16:07   Estelionatário promete comprar Fiat Siena de morador de Itaporã, e desaparece com veículo
15/01/2019 - 15:52   Cães encontram drogas em fundo falso de veículo
15/01/2019 - 15:52   Acidente entre ônibus e carreta deixa vítima fatal na BR-163
15/01/2019 - 15:50   Ação do Gaeco terminou com seis pessoas presas
15/01/2019 - 15:47   ‘Pescaria’ em Dourados rendeu mesada de R$ 30 mil, Jeep e até cirurgia plástica a investigados
15/01/2019 - 15:44   Calor de 37,7ºC faz de Aquidauana uma das cidades mais quentes do Brasil
15/01/2019 - 12:26   Amambaí: Câmara de Vereadores passará a atender em novo horário
15/01/2019 - 12:18   PMA prende pela 3ª vez pescador profissional pescando com redes com sua filha adolescente
15/01/2019 - 11:11   Mãe é presa por vender filho por R$ 5 mil para exploração sexual no Japão
15/01/2019 - 10:21   Hoje tem carne de panela com batata no Restaurante e Choperia Rei dos Espetos
15/01/2019 - 10:00   Lava Jato que lançava resíduos no rio Paraguai é fechado pela PMA
15/01/2019 - 09:58   Motorista morre ao ser lançado de carro em acidente próximo na MS-258
15/01/2019 - 09:51   Facebook começa a liberar função que permite compartilhar eventos no stories
15/01/2019 - 09:49   Bêbado, homem tenta atropelar PM e foge, mas é preso ao bater em poste
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!