Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018





Fronteira volta a ser bloqueada por caminhoneiros em protesto contra governo
É a segunda vez que o trânsito na fronteira é bloqueado, só nesta semana; o primeiro protesto começou no dia 9 e durou cerca de 30 horas


12 de Janeiro de 2018 - 09:34           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Fronteira volta a ser bloqueada por caminhoneiros em protesto contra governo

 
 

Caminhoneiros bolivianos voltaram a fechar a fronteira do país com o Brasil, nas cidades de Corumbá e Puerto Quijarro, no início da madrugada desta sexta-feira (12). O fluxo de veículos foi interrompido no local e a passagem de pessoas só é permitida a pé.

A manifestação, segundo informações do site Diário Corumbaense, tem como objetivo pressionar o governo de Evo Morales a revogar artigos da Lei 1.005, o Código Penal do país vizinho, que de acordo com os manifestantes, afetam diretamente o setor de transportes.

Protestos estão sendo realizados nas principais cidades do país e nas fronteiras. Ainda de acordo com o site, entidades estudantis e civis organizadas prometem também paralisar a cidade de Santa Cruz de la Sierra. Representantes dos sindicatos dos taxistas, mototaxistas e da Associação de Blocos Carnavalescos, também podem aderir ao protesto.

Esta é a segunda vez que o trânsito na fronteira é bloqueado, só nesta semana. O primeiro protesto aconteceu na primeira hora da última terça-feira (9) e durou cerca de 30 horas, voltando ao normal somente na tarde do dia seguinte.

Na ocasião, Angél Saavedra, presidente da Associação de Transporte Pesado de Arroyo Concepción (distrito fronteiriço de Puerto Quijarro), defendeu que a nova legislação aumenta, por exemplo, as sanções por homicídio culposo durante condução de veículo, além de prever o ressarcimento de danos e outras providências. Não previsão para liberação do tráfego de veículos no local.











Plantão

.
21/09/2018 - 21:43   Itaporã participa dos Jogos da Melhor Idade em Jardim
21/09/2018 - 21:39   Itaporã realizou palestra de sensibilização da Campanha Setembro Amarelo
21/09/2018 - 16:46   Idoso está perdido em mata no Pantanal desde sábado
21/09/2018 - 16:40   Fazendeiro é autuado em mais de R$ 300 mil por deixar gado com fome e sede
21/09/2018 - 16:39   União arrecada R$ 109,751 bi em tributos em agosto
21/09/2018 - 16:38   MS tem a segunda maior área plantada com eucalipto do País, diz IBGE
21/09/2018 - 16:35   PMA autua dois infratores por pesca ilegal no rio Pardo e apreende pescado e petrechos ilegais de pesca
21/09/2018 - 16:28   Com clima ameno, Primavera começa na noite deste sábado
21/09/2018 - 16:26   Defesa prevê que até 14 estados podem pedir apoio para as eleições
21/09/2018 - 16:20   IFMS abre inscrições em concurso público para técnicos-administrativos
21/09/2018 - 16:19   MP investiga vazamento de esgoto que matou mais de 5 mil peixes em Dourados
21/09/2018 - 16:13   Presidente da Câmara assume o Executivo após cassação de prefeito
21/09/2018 - 16:08   Goiás recebe a Ponte Preta em busca da liderança da Série B
21/09/2018 - 13:11   Três homens são presos com quase meia tonelada de maconha em Coronel Sapucaia
21/09/2018 - 10:51   Hoje é dia de apagar as velinhas e cantar parabéns para Nayara Araújo
21/09/2018 - 10:15   Com munições e pistola dentro de ônibus, homem acaba preso pela polícia
21/09/2018 - 10:10   Por divergências, júri de Nando é adiado e só comparsa será julgado
21/09/2018 - 10:09   MP convoca órgãos de segurança e orienta contra crimes eleitorais
21/09/2018 - 10:08   Polícia Federal faz operação contra fraude no seguro-desemprego
21/09/2018 - 10:06   Megaevento Paralímpico ocorre amanhã em Dourados e Campo Grande
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!