Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 24 de Junho de 2017





Fifa será intolerante com o preconceito nos jogos da Copa das Confederações
A Fifa segue com seu discurso de tolerância zero contra discriminação nos estádios, sejam em termos de ofensas homofóbicas ou raciais


16 de Junho de 2017 - 08:18           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Fifa será intolerante com o preconceito nos jogos da Copa das Confederações

 
 
A Fifa segue com seu discurso de tolerância zero contra discriminação nos estádios, sejam em termos de ofensas homofóbicas ou raciais. E na Copa das Confederações, os árbitros poderão até paralisar as partidas caso haja violações seguidas por parte dos torcedores.

Em cada uma das 16 partidas do torneio que começa neste sábado (17) e vai até o dia 2 de julho, a entidade terá inspetores que trabalharão em conjunto com árbitros e outros oficiais.

"Existe uma série de medidas e protocolos a serem seguidos. Fazemos anúncios claros antes e depois durante as partidas caso haja algum tipo de grito discriminatório. A paralisação de uma partida seria o procedimento mais drástico a ser tomado", afirmou a secretária-geral da Fifa, Fatma Samoura durante entrevista coletiva nesta sexta-feira em São Petersburgo.

Os torcedores de Chile e México deverão receber uma atenção especial dos observadores, uma vez que várias sanções foram aplicadas às federações destes países nos últimos meses devido a cantos homofóbicos em jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo.

"Temos aplicados sanções atrás de sanções para mostrar que nosso nível de tolerância é zero. Se elas não funcionarem, teremos de levar isso adiante de outra maneira", afirmou Samoura.

Casos de racismo também foram comuns recentemente no futebol russo. Até por conta disso, a federação local apontou o ex-jogador Alexey Smertin como um inspetor para o tema neste período de Copa das Confederações e Copa do Mundo.

Para o presidente do Comitê Organizador do Mundial e União Russa de Futebol, Vitaly Mutko, a decisão da Fifa é bem-vinda.

"O problema da discriminação não existe apenas na Rússia, existe em todos os lugares do mundo. A Fifa está lutando contra isso e vamos apoiar. Estamos gratos que a entidade coloque seus observadores e que o sistema seja duro", afirmou.

Neste ano, a CBF foi multada em R$ 120 mil por causa de gritos de "bicha" direcionados ao goleiro do Paraguai na vitória por 3 a 0 em jogos das eliminatórias no Itaquerão.










Plantão

.
24/06/2017 - 18:00   Santos de Patricia Sochor encara “sensação” do Brasileiro nas semifinais
24/06/2017 - 17:40   Polícia apreende pasta base de cocaína em compartimento secreto de caminhão
24/06/2017 - 17:29   Motorista preso com 1,5 tonelada de maconha receberia R$ 120 mil
24/06/2017 - 17:20   Campeã regional, Adac/Rádio Clube briga pelo título do Brasileiro Juvenil
24/06/2017 - 17:00   Por 53 cm, atleta do Estado perde medalha no Brasilero Sub-18
24/06/2017 - 16:50   Exaltados por Ceni, analistas do SP enfrentam pressão e excesso de indicações
24/06/2017 - 16:40   Homem preso por estupro de irmãs usava doces para atrair vítimas
24/06/2017 - 16:30   Política de Trump produz menos deportações e mais prisões de imigrantes
24/06/2017 - 16:20   Receita Federal alerta para envio de falsas intimações pelos Correios
24/06/2017 - 16:10   Transporte aéreo cresceu nos últimos seis anos, mas tendência é de reversão
24/06/2017 - 16:00   Lewis Hamilton conquista pole 66 na F1; Felipe Massa é 9º
24/06/2017 - 13:35   Motorista do cantor Cristiano Araújo vai a julgamento em julho
24/06/2017 - 10:50   Três Lagoas recebe feira de imóveis neste final de semana
24/06/2017 - 10:40   Deslizamento de terra deixa 5 mortos e 120 desaparecidos na China
24/06/2017 - 10:35   Vereadoras Lourdes Struziati, Célia Frota e Marlei vistoriam obras da Creche Milton Menani
24/06/2017 - 10:30   Jovem de 27 anos é assassinado com três tiros na cabeça
24/06/2017 - 10:20   Preso homem que pretendia vender droga para comprar casa para a esposa
24/06/2017 - 10:10   Compra de um milhão de tiras reagentes deve amenizar situação de pacientes
24/06/2017 - 10:00   Se dizendo policial, homem invade residência e tenta matar mulher a facadas
24/06/2017 - 09:50   Quina de São João sorteia prêmio de R$ 130 milhões em Campina Grande
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!