Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 24 de Junho de 2017





Embrapa: 174 mi de hectares de mata preservada estão em áreas privadas
174 milhões de hectares de vegetação nativa preservados estão dentro de imóveis rurais particulares


16 de Junho de 2017 - 09:18           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

De acordo com a Embrapa, os agricultores preservam mais do que a lei exige em todos os estados - Foto: Fiocruz/Divulgação

 
 
Cálculos do Grupo de Inteligência Territorial Estratégica (Gite) da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) indicam que mais de 174 milhões de hectares de vegetação nativa preservados estão dentro de imóveis rurais particulares.

A quantidade corresponde a 47,7% da área total dos imóveis rurais brasileiros cadastrados no Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (SICAR) até dezembro de 2016, excluindo os estados do Mato Grosso do Sul e do Espírito Santo, que ainda não estão no sistema.

“Em todos os estados, os agricultores preservam mais do que a lei exige. Eles estão todos acima do mínimo. Esse mínimo é por bioma. No bioma Mata-Atlântica é 20%, no bioma Cerrado e Pampa também. Passa a 35% quando o cerrado está na Amazônia Legal, enquanto no bioma Amazônia é 80% [a exigência] de área preservada”, destacou o coordenador do estudo e pesquisador da Embrapa Evaristo de Miranda.

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um registro eletrônico, obrigatório para todos os imóveis rurais. Ele foi instituído pelo novo Código Florestal. Os agricultores têm prazo para cadastrar todo o seu capital ambientalat é o fim de 2017. No entanto, a maioria dos registros já havia sido feita até dezembro de 2016.

“O governo fala de pagamentos de serviços ambientais, diz que é bom para o planeta, para a bacia hidrográfica e para a chuva. Mas quem está bancando sozinhos são os agricultores, muitos deles pequenos produtores. Às vezes, para eles isso é pesado. Acho que a gente deveria, com esses números, se inspirar para buscar caminhos que pudessem ajudar um pouco esses agricultores pelo que eles fazem por todos”, acrescentou Miranda.

Para o gerente do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), Luís Fernando Guedes, a grande quantidade de mata preservada dentro dos imóveis rurais pode representar um diferencial e uma oportunidade comercial para o país. 

“É uma oportunidade potencialmente comercial de colocar aos mercados internacionais que nossa produção está associada à conservação, usando para isso as certificações e vários outros instrumentos. Podemos atrair recursos capitais que vão manter a floresta em pé, para os serviços ambientais. É uma questão de reputação e imagem do Brasil na comunidade internacional”, destacou.

AGENDA

Guedes afirmou que a quantidade de mata preservada não deve ser encarada como justificativa para uma elevação no desmatamento. “A agenda que o Brasil protege muita floresta é uma agenda positiva. É uma oportunidade e ela não é um argumento para justificar que precisa desmatar mais.”

“Não tem nenhum argumento que justifique desmatar para aumentar a produção agropecuária. O aumento da nossa safra, da riqueza gerada pelo setor ela pode acontecer pela via da intensificação, de uso mais racional da terra, de um aproveitamento melhor das áreas abertas”, concluiu.










Plantão

.
24/06/2017 - 18:00   Santos de Patricia Sochor encara “sensação” do Brasileiro nas semifinais
24/06/2017 - 17:40   Polícia apreende pasta base de cocaína em compartimento secreto de caminhão
24/06/2017 - 17:29   Motorista preso com 1,5 tonelada de maconha receberia R$ 120 mil
24/06/2017 - 17:20   Campeã regional, Adac/Rádio Clube briga pelo título do Brasileiro Juvenil
24/06/2017 - 17:00   Por 53 cm, atleta do Estado perde medalha no Brasilero Sub-18
24/06/2017 - 16:50   Exaltados por Ceni, analistas do SP enfrentam pressão e excesso de indicações
24/06/2017 - 16:40   Homem preso por estupro de irmãs usava doces para atrair vítimas
24/06/2017 - 16:30   Política de Trump produz menos deportações e mais prisões de imigrantes
24/06/2017 - 16:20   Receita Federal alerta para envio de falsas intimações pelos Correios
24/06/2017 - 16:10   Transporte aéreo cresceu nos últimos seis anos, mas tendência é de reversão
24/06/2017 - 16:00   Lewis Hamilton conquista pole 66 na F1; Felipe Massa é 9º
24/06/2017 - 13:35   Motorista do cantor Cristiano Araújo vai a julgamento em julho
24/06/2017 - 10:50   Três Lagoas recebe feira de imóveis neste final de semana
24/06/2017 - 10:40   Deslizamento de terra deixa 5 mortos e 120 desaparecidos na China
24/06/2017 - 10:35   Vereadoras Lourdes Struziati, Célia Frota e Marlei vistoriam obras da Creche Milton Menani
24/06/2017 - 10:30   Jovem de 27 anos é assassinado com três tiros na cabeça
24/06/2017 - 10:20   Preso homem que pretendia vender droga para comprar casa para a esposa
24/06/2017 - 10:10   Compra de um milhão de tiras reagentes deve amenizar situação de pacientes
24/06/2017 - 10:00   Se dizendo policial, homem invade residência e tenta matar mulher a facadas
24/06/2017 - 09:50   Quina de São João sorteia prêmio de R$ 130 milhões em Campina Grande
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!