Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 26 de Maio de 2018





Embrapa: 174 mi de hectares de mata preservada estão em áreas privadas
174 milhões de hectares de vegetação nativa preservados estão dentro de imóveis rurais particulares


16 de Junho de 2017 - 09:18           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

De acordo com a Embrapa, os agricultores preservam mais do que a lei exige em todos os estados - Foto: Fiocruz/Divulgação

 
 
Cálculos do Grupo de Inteligência Territorial Estratégica (Gite) da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) indicam que mais de 174 milhões de hectares de vegetação nativa preservados estão dentro de imóveis rurais particulares.

A quantidade corresponde a 47,7% da área total dos imóveis rurais brasileiros cadastrados no Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (SICAR) até dezembro de 2016, excluindo os estados do Mato Grosso do Sul e do Espírito Santo, que ainda não estão no sistema.

“Em todos os estados, os agricultores preservam mais do que a lei exige. Eles estão todos acima do mínimo. Esse mínimo é por bioma. No bioma Mata-Atlântica é 20%, no bioma Cerrado e Pampa também. Passa a 35% quando o cerrado está na Amazônia Legal, enquanto no bioma Amazônia é 80% [a exigência] de área preservada”, destacou o coordenador do estudo e pesquisador da Embrapa Evaristo de Miranda.

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um registro eletrônico, obrigatório para todos os imóveis rurais. Ele foi instituído pelo novo Código Florestal. Os agricultores têm prazo para cadastrar todo o seu capital ambientalat é o fim de 2017. No entanto, a maioria dos registros já havia sido feita até dezembro de 2016.

“O governo fala de pagamentos de serviços ambientais, diz que é bom para o planeta, para a bacia hidrográfica e para a chuva. Mas quem está bancando sozinhos são os agricultores, muitos deles pequenos produtores. Às vezes, para eles isso é pesado. Acho que a gente deveria, com esses números, se inspirar para buscar caminhos que pudessem ajudar um pouco esses agricultores pelo que eles fazem por todos”, acrescentou Miranda.

Para o gerente do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), Luís Fernando Guedes, a grande quantidade de mata preservada dentro dos imóveis rurais pode representar um diferencial e uma oportunidade comercial para o país. 

“É uma oportunidade potencialmente comercial de colocar aos mercados internacionais que nossa produção está associada à conservação, usando para isso as certificações e vários outros instrumentos. Podemos atrair recursos capitais que vão manter a floresta em pé, para os serviços ambientais. É uma questão de reputação e imagem do Brasil na comunidade internacional”, destacou.

AGENDA

Guedes afirmou que a quantidade de mata preservada não deve ser encarada como justificativa para uma elevação no desmatamento. “A agenda que o Brasil protege muita floresta é uma agenda positiva. É uma oportunidade e ela não é um argumento para justificar que precisa desmatar mais.”

“Não tem nenhum argumento que justifique desmatar para aumentar a produção agropecuária. O aumento da nossa safra, da riqueza gerada pelo setor ela pode acontecer pela via da intensificação, de uso mais racional da terra, de um aproveitamento melhor das áreas abertas”, concluiu.










Plantão

.
25/05/2018 - 14:43   Em reunião inédita, governador ouve demandas de cada um dos segmentos industriais do Estado
25/05/2018 - 12:35   Governo usará Exército para desobstruir rodovias, diz fonte
25/05/2018 - 10:47   Ação entre amigos visa ajudar família de bebê doente em Itaporã
25/05/2018 - 09:59   Greve dos caminhoneiros suspende visita de Geraldo Alckmin ao MS
25/05/2018 - 09:55   Traficante abandona veículo com maconha e acaba preso após ação conjunta
25/05/2018 - 09:21   Câmara de Itaporã apoia a mobilização dos Caminhoneiros
25/05/2018 - 09:12   Comércio fecha as portas mais cedo em apoio à greve dos caminhoneiros
25/05/2018 - 09:03   Em áudio vazado, ministros do STF classificam greve de caminhoneiros como ´absurdo´
25/05/2018 - 09:01   Reformulado e sem risadinha: CBF lança Canarinho Pistola de pelúcia por R$ 99
25/05/2018 - 08:59   Com quatro deputados, futuro do DEM na sucessão é incógnita
25/05/2018 - 08:58   EUA pedem para quem viajar ao Brasil estocar água e itens domésticos
25/05/2018 - 08:55   Em Mato Grosso do Sul, cerca de 100% das indústrias devem parar
25/05/2018 - 08:53   Com 471 empresas no programa, governo espera arrecadar R$ 500 milhões em três anos
25/05/2018 - 08:52   Maia admite que perda na arrecadação com PIS/Pasep será de R$ 9 bilhões
25/05/2018 - 08:48   Caminhoneiros mantêm 37 pontos de bloqueio nas rodovias do MS, diz PRF
25/05/2018 - 08:46   Esfaqueado nas costas durante briga pode perder movimentos
25/05/2018 - 08:45   Paralisações de caminhoneiros afetam rotina em todo o Estado
25/05/2018 - 08:44   ANP flexibiliza regras para garantir combustível durante paralisação
25/05/2018 - 08:43   Conheça 5 plataformas que ajudam o eleitor conhecer melhor os políticos
25/05/2018 - 08:41   Eleição presidencial será teste para sistema político, dizem especialistas
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!