Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018





Denatran alerta que 85% dos recalls em airbags não foram feitos
Milhões de veículos não passaram por reparos


13 de Novembro de 2017 - 16:38           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

O airbag dos veículos automotivos vendidos no Brasil é o componente que mais tem apresentado problemas que resultaram na necessidade de se fazer campanhas de recall. No entanto, 84% dos mais de 2,2 milhões de veículos que se encontram nessa situação não o fizeram, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

De acordo com o diretor do Denatran, Elmer Coelho Vicenzi, 85% dos recalls dirigidos a veículos automotivos podem causar lesões. No caso das motos, acrescentou, 60% dos problemas identificados implicam em risco de queda. “No caso dos airbags, apenas 16% dos recalls foram atendidos. Isso significa que 84% desses veículos estão andando pelas ruas com seus airbagsdefeituosos”, informou Vicenzi nesta segunda-feira (13) após participar do programa Por Dentro do Governo, na TV NBR. O programa é produzido e coordenado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, com a participação de emissoras de rádio de todo o país.

Os números citados pelo diretor constam do Boletim Recall. O documento mostra que, entre 2013 e junho de 2016, o airbag foi o componente mais afetado pelas campanhas de recall. Ele representa mais de um quarto (26%) dos componentes que apresentaram problemas. No período foram, ao todo, 60 pedidos de recall em airbags. O problema afetou mais de 2,2 milhões de veículos. Em segundo lugar ficaram os freios, com 17% do total de componentes defeituosos responsáveis por pedidos de recall; em seguida, o sistema de combustível (16%); motor (11%); problemas na direção (9%); e cinto de segurança (7%).

Em parte, a ineficiência das campanhas de recall se deve à dificuldade de o consumidor saber se seu veículo está entre os que tiveram o chassi informado nas campanhas. A fim de dar mais eficiência a essas campanhas, o governo pretende fazer uma parceria com as empresas do setor, a fim de fornecer “apenas para essa finalidade” o nome e o endereço do proprietário do veículo que precisa passar por recall. “Vamos fiscalizar o recall para garantir que o uso dessa informação está restrito a esse serviço”, garantiu o diretor do Denatran.

O diretor recomenda que os consumidores recorram ao site do Denatran para saber se o seu veículo precisa passar por algum ajuste. “Tem uma área do site onde ele pode digitar o número do chassi para ver se há algum recall pendente”, acrescentou Vicenzi.

Recall é um chamado público feito pelas empresas quando um produto ou serviço apresenta um defeito que coloque em risco a saúde e a segurança do consumidor. O objetivo é corrigir problemas e prevenir acidentes. A medida está prevista no artigo 10º do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Semáforos sonoros

Durante a entrevista à TV NBR, Vicenzi disse que o Brasil está padronizando os semáforos sonoros, dirigidos a pedestres com deficiência visual. Ele explica que essa falta de padronização dificulta a autonomia das pessoas com deficiência, porque cada parte do país tem uma padronização diferente.

“Será uma padronização única nacional e passará por campanhas educativas. A ideia é que, ao segurar por mais de 3 segundos o botão do sinal, ele, ao ficar verde [para o pedestre] emita um sinal sonoro que vai diminuindo, de forma à pessoa saber que o tempo [para a travessia] está encerrando”, explicou o diretor











Plantão

.
10/12/2018 - 16:52   Vereadores prometem manter obstrução até cancelamento de eleição ser avaliado
10/12/2018 - 16:51   Moro diz que não cabe a ele dar explicações sobre relatório do Coaf
10/12/2018 - 16:49   Polícia apreende mais de meia tonelada de maconha
10/12/2018 - 16:43   Bolsonaro e Mourão são diplomados no TSE
10/12/2018 - 16:41   Incêndio atinge hotel no Centro de Campo Grande
10/12/2018 - 15:39   AO VIVO: Assista a diplomação do presidente eleito, Jair Bolsonaro
10/12/2018 - 15:21   APAE de Itaporã realiza nos próximos dias 11 e 12 ´Cantada de Natal e visita empresas
10/12/2018 - 15:20   MS é escolhido para monitorar uniformização de produtos da Rede CNI
10/12/2018 - 14:43   Lourdes Struziati parabeniza o município de Itaporã pelos 65 anos
10/12/2018 - 14:00   Sistema Fiems participa de doação simbólica da campanha ´Compartilhe o Natal 2018´
10/12/2018 - 13:40   Faustão faz ‘piada’ do cabelo de ator mirim e é acusado de racismo nas redes sociais
10/12/2018 - 13:20   Governo do estado vai recapear três avenidas de Dourados
10/12/2018 - 13:00   Ministério da Saúde publica edital do Mais Médicos sem pedir revalida para formados no exterior
10/12/2018 - 11:52   CCR MSVia destaca operações pare-e-siga na BR-163/MS
10/12/2018 - 11:20   Serviços e emissão de CNH estão fora do ar e não há previsão de retorno em MS
10/12/2018 - 11:17   Enteado furta carro de padrasto e veículo é encontrado queimado em Campo Grande
10/12/2018 - 11:15   Jovem de 26 anos morre dois dias após ser atropelado na BR-163
10/12/2018 - 11:08   Carros batem de frente e quatro pessoas ficam feridas na BR-267
10/12/2018 - 11:06   Proinf possibilita investimento acima de R$ 2,5 bilhões em todo o Brasil
10/12/2018 - 11:01   Caminhão é preso na BR-163, com 275 mil maços de cigarros
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!