Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 25 de Junho de 2018





Contabilidade do PCC era feita por esposa do líder da facção



12 de Junho de 2018 - 13:51           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Tânia Cristina Lima de Moura, 46, era quem fazia a contabilidade da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) em Campo Grande, segundo a Polícia Militar. Ela acabou presa nesta terça-feira (12/6) durante a Operação Paiol, desencadeada por policiais militares do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), Choque e Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

De acordo com o jornal Correio do Estado, a suspeita é esposa de "Tio Arantes", um dos nomes fortes da facção. 

Na casa onde morava, a polícia encontrou comprovantes de movimentação bancária.

Na Capital, foram cumpridos segundo o Correio do Estado, sete mandados, sendo três de prisão e quatro de busca e apreensão. Em todos os municípios onde ocorre a ação, os policiais cumprem 27 mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão

Além de Tânia, o agente penitenciário Adilson Brum Weis também foi preso sob suspeita de repassar informações e dar privilégios à integrantes da organização criminosa dentro dos presídios. Com ele, a polícia encontrou também munições de calibre restrito, acarretando na prisão em flagrante.

O terceiro preso foi Elvis Alves Ferreira, de 25 anos. Ele era operador do tráfico de drogas da facção. Em sua casa, os policiais encontraram droga e além do mandado de prisão da operação, também foi preso em flagrante por tráfico.

Durante a ação, foram apreendidos documentos, munições, armas de fogo, celulares e droga com os três presos da Capital. Todo material será repassado ao Ministério Público Estadual (MPE) que fará perícia para novos desdobramentos da operação.











Plantão

.
25/06/2018 - 13:25   PM preso em operação da PF tinha mais de 20 anos de atuação na corporação
25/06/2018 - 12:01   Goleiro brasileiro morre após ser atropelado por ônibus em Recife
25/06/2018 - 11:59   Operações da CCR MSVia auxiliam execução de obras e serviços na BR-163/MS
25/06/2018 - 11:19   Ney Bulla (PSD) apresenta projeto de lei excluindo a cobrança da taxa mínima na conta d´água
25/06/2018 - 11:12   Mato Grosso do Sul tem amplo potencial para transformação de biomassa em energia
25/06/2018 - 11:10   Petrobras poderá negociar até 70% em áreas de cessão onerosa do pré-sal
25/06/2018 - 11:08   Projeto garante realização de drenagem linfática pelo SUS
25/06/2018 - 11:05   Após fuga, motorista capota carro carregado com drogas
25/06/2018 - 11:03   Ícaro rejeita Luzia: ´Você não é minha mãe, nem nunca vai ser!´
25/06/2018 - 11:03   Dólar abre a semana em baixa de 0,32%
25/06/2018 - 11:01   Sete de Setembro e Operário atropelam na estreia da competição
25/06/2018 - 10:59   Primeiro Hackathon Unigran envolveu 64 alunos de quatro cursos
25/06/2018 - 10:59   Angèlica: Câmara abre concurso com salários de até R$ 3 mil
25/06/2018 - 10:56   Jovem de 17 anos morre após ser atropelado por motorista bêbado
25/06/2018 - 10:55   PF mira família em MS que comandava tráfico para outros estados
25/06/2018 - 10:43   Faculdades do Senai da Capital e Dourados encerram dia 11 de julho inscrições do vestibular
25/06/2018 - 10:33   Adriano Martins volta a cobrar quebra-molas e iluminação pública em Avenida
24/06/2018 - 16:55   EUA dizem estar trabalhando para reunir 2.053 crianças imigrantes com suas famílias
24/06/2018 - 16:52   Homem tenta fuga, carro sai da pista e ele acaba preso com quase 0,5 t de droga
24/06/2018 - 16:41   Pré-candidato à presidência da República chega na Capital amanhã (25
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!