Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 20 de Novembro de 2018





Com Odilon, presidente da Fiems reforça pauta única de propostas do setor produtivo
´Um governador não tem condições de desenvolver Mato Grosso do Sul sozinho, por isso, vou contar com o apoio e sugestões da classe empresarial de todos os setores´, disse Odilon


13 de Setembro de 2018 - 09:18           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 
“Um governador não tem condições de desenvolver Mato Grosso do Sul sozinho, por isso, vou contar com o apoio e sugestões da classe empresarial de todos os setores, que são os verdadeiros especialistas conhecem como ninguém as particularidades e necessidades do estado, para me auxiliar na elaboração de medidas que possam nos levar ao crescimento”. Esse foi o retorno do candidato a governador pelo PDT, juiz federal aposentado Odilon de Oliveira, às propostas do setor produtivo apresentadas na noite de ontem (12/09), na sede da Famasul, em Campo Grande (MS), para alavancar a indústria, comércio, turismo, serviços e agropecuária local.

O juiz federal aposentado foi o 2º candidato a reunir-se com representantes da Fiems, Famasul, Fecomércio/MS, Faems e Sebrae/MS para conhecer as propostas do setor produtivo do Estado para o próximo governador, enquanto o 1º foi Reinaldo Azambuja (PSDB), que concorre à reeleição, e o próximo será o candidato Junior Mochi (MDB). Nessas reuniões, as entidades entregam o caderno de medidas de curto e longo prazo para serem implantadas pelo próximo governante e que foram pensadas em conjunto para o desenvolvimento da economia estadual.

O foco do caderno de medidas é a austeridade fiscal. “O momento requer uma política de austeridade. Mato Grosso do Sul não enfrenta um déficit como em outros estados, porém, as despesas de custeio e com pessoal estão elevadas e, por isso, não sobra recursos para outros investimentos prioritários para alavancar a economia e gerar mais postos de trabalho e renda para a população”, afirmou o presidente da Fiems, Sérgio Longen, que falou em nome do setor produtivo, completando que a redução de gastos passaria por um equilíbrio fiscal da Previdência e das despesas.

Sérgio Longen afirma que os setores estão alinhados e, desta forma, foi possível elaborar uma pauta única, cujo foco é a austeridade fiscal. “Esperamos que os candidatos ao governo sejam sensíveis às proposições e estejam dispostos a incluí-las em seus planos de governo, demonstrando que estão comprometidos com uma política de desenvolvimento sólida e expansiva", afirmou.

Outras reivindicações

Além das sugestões apresentadas em conjunto pelas entidades, cada federação apresentou medidas em separado para o candidato, voltadas especificamente para cada atividade. Anfitrião do evento, o presidente da Famasul, Maurício Saito, defendeu uma política sustentável de incentivos para o Pantanal. “É preciso manter a produção do nosso estado de forma sustentável, por isso, esperamos que o futuro governador tenha um olhar diferenciado para manter o equilíbrio entre a atividade agropecuária, a questão ambiental, e social”, disse.

Também citando o Pantanal, o presidente da Faems, Alfredo Zamlutti, lembrou que esta é a primeira vez Odilon de Oliveira disputa uma eleição. “Por ser ‘o novo’, esperamos que uma série de coisas sejam diferentes, com menos intervenção do Estado, mais incentivos para os empresários e elaboração de uma política séria que gere melhor aproveitamento do potencial do Pantanal”, declarou.

O documento da Fecomércio/MS, apresentado pelo presidente Edison Araújo, contém uma série de propostas para melhorar a logística do estado e reduzir as despesas dos comerciantes. “Acreditamos que se o nosso próximo governador estiver comprometido com estas propostas, o comércio e setor de serviços do nosso estado será alavancado de maneira que terão condições de investir mais, contratar mais pessoas, e é justamente isso que a nossa população espera”, afirmou Edison Araújo.

O Sebrae/MS e Faems propuseram para as empresas do Estado, entre outras medidas, a expansão da RedeSimples para os 79 municípios, além de mais investimentos em inovação e tecnologia voltada para os pequenos negócios. “As compras governamentais, por exemplo, precisam incluir mais a pequena empresa, conforme previsto na lei. Isso fomenta negócios no interior e gera emprego”, acrescentou o superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça.

Fiems










Plantão

.
20/11/2018 - 22:05   Alexandre Mantovani é eleito presidente da OAB em Dourados
20/11/2018 - 21:54   Futuro ministro da saúde Mandetta diz que ´Mais Médico´ parecia convênio entre Cuba e PT
20/11/2018 - 16:43   João Batista de Camargo é reconduzido à Presidência do Sindical
20/11/2018 - 15:05   Vereadora Marlei do Hospital sugere instalação de cestos ecológicos em bocas de lobo
20/11/2018 - 12:12   Repórter da Globo, Fabíola Andrade nega assédio e diz que colega a procurou
20/11/2018 - 12:10   Por que os meninos adolescentes precisam de um especialista
20/11/2018 - 12:07   Homem que energizou cerca onde menor morreu é preso em flagrante por homicídio
20/11/2018 - 12:07   Pare-e-siga da CCR MSVia auxilia execução de serviços na BR-163/MS
20/11/2018 - 11:58   Na reta final para o desligamento do sinal analógico, Seja Digital reforça ações em Dourados e região
20/11/2018 - 11:53   Senai de Corumbá oferece especialização técnica em segurança do trabalho para a construção civil
20/11/2018 - 10:25   Adolescente de 16 anos, com várias passagens pela polícia é encontrado morto em Itaporã
20/11/2018 - 09:44   URGENTE: Corpo é encontrado às margens de estrada em Itaporã
20/11/2018 - 09:41   Em Dourados, adolescente morre ao tocar em cerca elétrica na aldeia Bororó
20/11/2018 - 09:37   Sobrinho de prefeito de MS é sequestrado e executado no Paraguai
20/11/2018 - 08:40   Brasil encara Camarões em último amistoso do ano
20/11/2018 - 08:30   URGÊNCIA Senadores tentam votar projeto que enfraquece a Lei da Ficha Limpa
20/11/2018 - 08:20   Programa Mais Médicos oferece 8.517 vagas a partir de quarta-feira
20/11/2018 - 08:01   Nasce no Rio o pequeno Rael, filho de Isis Valverde e André Resende
20/11/2018 - 08:00   Estudantes têm até sexta-feira para renovar contrato do Fies
20/11/2018 - 07:50   Motorista briga em tabacaria, foge, bate em 4 carros, mas acaba solta
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!