Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018





Cabo Daciolo pede ao TSE anulação da votação do 1º turno



11 de Outubro de 2018 - 09:00           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

O candidato do Patriota à Presidência da República, Cabo Daciolo, foi ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) apresentar pedido de anulação da votação do 1º turno das eleições deste ano, para que seja feita uma nova edição do pleito usando o método de voto em cédula, e não em urna eletrônica. Ele argumentou que houve fraude na adoção de urnas eletrônicas.

Daciolo disse que já havia apresentado um pedido de uso de voto em cédula no início de setembro. Segundo o candidato, o TSE respondeu argumentando que não havia situação de excepcionalidade que exigisse o abandono do emprego de urnas eletrônicas em favor da votação em cédula.

“Temos várias denúncias de fraudes das urnas eletrônicas. Em todo o território nacional, as pessoas iam votar e quando chegavam lá para votar para presidente não concluía. Quando tem fragilidade nas urnas eletrônicas, é necessário em caso excepcional que TSE faça votação em cédulas”, defendeu Daciolo.

Consultado, o TSE respondeu por meio de sua assessoria que o processo encontra-se em tramitação por via administrativa e que até o momento não houve decisão.

Normalidade

No balanço das eleições, a presidente do TSE, ministra Rosa Weber, afirmou que a votação do último domingo (7) ocorreu em “clima de normalidade absoluta”, mas colocou que o Tribunal vai apurar com rigor denúncias de irregularidades na votação.

A missão internacional da Organização dos Estados Americanos (OEA) divulgou informe preliminar no qual relatou não ter atestado problemas nas urnas que colocassem em questão a legitimidade da votação. Segundo os representantes da OEA, especialistas em sistemas de votação designados pela missão acompanharam as urnas ao longo do ano e não encontraram indícios de vulnerabilidades ou fraudes.











Plantão

.
10/12/2018 - 16:52   Vereadores prometem manter obstrução até cancelamento de eleição ser avaliado
10/12/2018 - 16:51   Moro diz que não cabe a ele dar explicações sobre relatório do Coaf
10/12/2018 - 16:49   Polícia apreende mais de meia tonelada de maconha
10/12/2018 - 16:43   Bolsonaro e Mourão são diplomados no TSE
10/12/2018 - 16:41   Incêndio atinge hotel no Centro de Campo Grande
10/12/2018 - 15:39   AO VIVO: Assista a diplomação do presidente eleito, Jair Bolsonaro
10/12/2018 - 15:21   APAE de Itaporã realiza nos próximos dias 11 e 12 ´Cantada de Natal e visita empresas
10/12/2018 - 15:20   MS é escolhido para monitorar uniformização de produtos da Rede CNI
10/12/2018 - 14:43   Lourdes Struziati parabeniza o município de Itaporã pelos 65 anos
10/12/2018 - 14:00   Sistema Fiems participa de doação simbólica da campanha ´Compartilhe o Natal 2018´
10/12/2018 - 13:40   Faustão faz ‘piada’ do cabelo de ator mirim e é acusado de racismo nas redes sociais
10/12/2018 - 13:20   Governo do estado vai recapear três avenidas de Dourados
10/12/2018 - 13:00   Ministério da Saúde publica edital do Mais Médicos sem pedir revalida para formados no exterior
10/12/2018 - 11:52   CCR MSVia destaca operações pare-e-siga na BR-163/MS
10/12/2018 - 11:20   Serviços e emissão de CNH estão fora do ar e não há previsão de retorno em MS
10/12/2018 - 11:17   Enteado furta carro de padrasto e veículo é encontrado queimado em Campo Grande
10/12/2018 - 11:15   Jovem de 26 anos morre dois dias após ser atropelado na BR-163
10/12/2018 - 11:08   Carros batem de frente e quatro pessoas ficam feridas na BR-267
10/12/2018 - 11:06   Proinf possibilita investimento acima de R$ 2,5 bilhões em todo o Brasil
10/12/2018 - 11:01   Caminhão é preso na BR-163, com 275 mil maços de cigarros
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!