Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018





Apesar de surto, nova campanha contra febre amarela está descartada em MS



12 de Janeiro de 2018 - 15:48           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Apesar do surto de febre amarela silvestre na região sudeste do Brasil, onde 21 mortes foram registradas até esta sexta-feira (12), apenas no estado de São Paulo, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) descartou a possibilidade de uma nova campanha de vacinação em Mato Grosso do Sul.

De acordo com a SES, como Mato Grosso do Sul faz parte do grupo de 21 estados considerados endêmicos pelo Ministério da Saúde, até o momento não há necessidade de novas ações, já que o surto da doença nessas localidades não oferece risco à população do estado.

A Secretaria reforça que, para realização de uma nova campanha seria necessária uma recomendação do Ministério e que até o momento isso não ocorreu.

Segundo a secretaria, pessoas que vêm das regiões onde há registro de casos recentes da doença para Mato Grosso do Sul, devem realizar a imunização em seus estados. Conforme a SES, os estoques de vacina da doença estão normalizados e disponíveis para a população nas unidades de saúde do estado, caso seja necessário posteriormente.

Surto

Os primeiros casos da doença ocorreram ainda em outubro do ano passado, onde 10 casos foram registrados em São Paulo. Na ocasião, a Secretaria de Saúdo do estado informou que todas as pessoas infectadas moravam na região do dos parques Horto Forestal e Cantareira, região norte do município.

À época, mortes de macacos também foram registradas e o parque chegou a ser fechado. Até o momento, há registro de mortes também em Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Segundo o Instituto Adolfo Lutz, onde os testes nos animais são feitos, entre julho de 2016 e janeiro de 2018, 2.491 mortes de macacos foram registradas. Destes, 617 estavam contaminados pela febre amarela, 61,5% apenas na cidade de Campinas.

Uma lista com o nome das cidades que o Ministério da Saúde recomenda a vacinação contra a doença pode ser consultada aqui.

Contágio

A contaminação ocorre quando um ser humano ou um primata é picado pelo mosquito transmissor da doença, Haemagogus, para febre amarela silvestre, e Aedes aegypti, para febre amarela urbana.

doença ocorre da seguinte maneira: na fase inicial, há ocorrência de dores de cabeça, febre, perda de apetite, náuseas e vômito e dores musculares, principalmente na região das costas.

Na fase tóxica, os sintomas são agravados e podem ser registrados sintomas febres altas, amarelamento de pele e olhos, sangramento da boca, nariz, olhos e estômagos, vômitos, órgão como fígado e rins são comprometidos, dores abdominais e escurecimento da urina.











Plantão

.
17/01/2018 - 14:35   Depois de passar por MS, homem morre em SP com suspeita de febre amarela
17/01/2018 - 13:52   Itaporã fecha exercício 2017 com R$ 3,0 milhões a menos que 2016.
17/01/2018 - 12:00   Ottoni se matou com a mesma arma que assassinou Halley com três tiros
17/01/2018 - 11:40   Motorista avança preferencial, bate em outra caminhonete que atinge muro
17/01/2018 - 11:20   Motociclista morre depois de se envolver em acidente com ônibus
17/01/2018 - 10:54   Funsat oferece mais de 200 vagas com salário de até R$ 2 mil
17/01/2018 - 10:44   Acidente entre Voyage e Palio deixa três pessoas feridas na BR-163
17/01/2018 - 10:00   MS terá mais cinco aparelhos de radioterapia para tratar câncer pelo SUS
17/01/2018 - 09:50   Motorista desvia de tamanduá e capota caminhão com tijolos em rodovia
17/01/2018 - 09:40   Promotoria pede na Justiça afastamento de prefeito de Ribas do Rio Pardo do cargo
17/01/2018 - 09:20   Pré-custeio da safra 2018/19 deve chegar a R$ 12 bilhões
17/01/2018 - 09:00   Setor de mineração reage e movimenta R$ 1 bilhão em MS
17/01/2018 - 08:40   Rose diz que missão como vice foi cumprida; meta, agora, é Brasília
17/01/2018 - 08:20   Marun admite que ainda não tem votos suficientes para a reforma da Previdência
17/01/2018 - 08:00   Condenação de vereador chega na Câmara, mas presidente ainda não teve acesso
17/01/2018 - 07:40   Processo seletivo do Vale Universidade oferecerá 550 vagas em MS
17/01/2018 - 07:00   Homem é assassinado com cinco tiros enquanto caminhava por bairro
16/01/2018 - 15:22   APAE comprova desvio de mais R$ 20 mil, mas falta identificar R$ 300 mil do leilão
16/01/2018 - 15:06   Acusado de feminicídio em Três Lagoas é encontrado morto em SP
16/01/2018 - 15:04   Queen e Tina Turner estão na lista de homenageados do Grammy este ano
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!