Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 25 de Junho de 2018





Apesar de surto, nova campanha contra febre amarela está descartada em MS



12 de Janeiro de 2018 - 15:48           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Apesar do surto de febre amarela silvestre na região sudeste do Brasil, onde 21 mortes foram registradas até esta sexta-feira (12), apenas no estado de São Paulo, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) descartou a possibilidade de uma nova campanha de vacinação em Mato Grosso do Sul.

De acordo com a SES, como Mato Grosso do Sul faz parte do grupo de 21 estados considerados endêmicos pelo Ministério da Saúde, até o momento não há necessidade de novas ações, já que o surto da doença nessas localidades não oferece risco à população do estado.

A Secretaria reforça que, para realização de uma nova campanha seria necessária uma recomendação do Ministério e que até o momento isso não ocorreu.

Segundo a secretaria, pessoas que vêm das regiões onde há registro de casos recentes da doença para Mato Grosso do Sul, devem realizar a imunização em seus estados. Conforme a SES, os estoques de vacina da doença estão normalizados e disponíveis para a população nas unidades de saúde do estado, caso seja necessário posteriormente.

Surto

Os primeiros casos da doença ocorreram ainda em outubro do ano passado, onde 10 casos foram registrados em São Paulo. Na ocasião, a Secretaria de Saúdo do estado informou que todas as pessoas infectadas moravam na região do dos parques Horto Forestal e Cantareira, região norte do município.

À época, mortes de macacos também foram registradas e o parque chegou a ser fechado. Até o momento, há registro de mortes também em Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Segundo o Instituto Adolfo Lutz, onde os testes nos animais são feitos, entre julho de 2016 e janeiro de 2018, 2.491 mortes de macacos foram registradas. Destes, 617 estavam contaminados pela febre amarela, 61,5% apenas na cidade de Campinas.

Uma lista com o nome das cidades que o Ministério da Saúde recomenda a vacinação contra a doença pode ser consultada aqui.

Contágio

A contaminação ocorre quando um ser humano ou um primata é picado pelo mosquito transmissor da doença, Haemagogus, para febre amarela silvestre, e Aedes aegypti, para febre amarela urbana.

doença ocorre da seguinte maneira: na fase inicial, há ocorrência de dores de cabeça, febre, perda de apetite, náuseas e vômito e dores musculares, principalmente na região das costas.

Na fase tóxica, os sintomas são agravados e podem ser registrados sintomas febres altas, amarelamento de pele e olhos, sangramento da boca, nariz, olhos e estômagos, vômitos, órgão como fígado e rins são comprometidos, dores abdominais e escurecimento da urina.











Plantão

.
25/06/2018 - 13:25   PM preso em operação da PF tinha mais de 20 anos de atuação na corporação
25/06/2018 - 12:01   Goleiro brasileiro morre após ser atropelado por ônibus em Recife
25/06/2018 - 11:59   Operações da CCR MSVia auxiliam execução de obras e serviços na BR-163/MS
25/06/2018 - 11:19   Ney Bulla (PSD) apresenta projeto de lei excluindo a cobrança da taxa mínima na conta d´água
25/06/2018 - 11:12   Mato Grosso do Sul tem amplo potencial para transformação de biomassa em energia
25/06/2018 - 11:10   Petrobras poderá negociar até 70% em áreas de cessão onerosa do pré-sal
25/06/2018 - 11:08   Projeto garante realização de drenagem linfática pelo SUS
25/06/2018 - 11:05   Após fuga, motorista capota carro carregado com drogas
25/06/2018 - 11:03   Ícaro rejeita Luzia: ´Você não é minha mãe, nem nunca vai ser!´
25/06/2018 - 11:03   Dólar abre a semana em baixa de 0,32%
25/06/2018 - 11:01   Sete de Setembro e Operário atropelam na estreia da competição
25/06/2018 - 10:59   Primeiro Hackathon Unigran envolveu 64 alunos de quatro cursos
25/06/2018 - 10:59   Angèlica: Câmara abre concurso com salários de até R$ 3 mil
25/06/2018 - 10:56   Jovem de 17 anos morre após ser atropelado por motorista bêbado
25/06/2018 - 10:55   PF mira família em MS que comandava tráfico para outros estados
25/06/2018 - 10:43   Faculdades do Senai da Capital e Dourados encerram dia 11 de julho inscrições do vestibular
25/06/2018 - 10:33   Adriano Martins volta a cobrar quebra-molas e iluminação pública em Avenida
24/06/2018 - 16:55   EUA dizem estar trabalhando para reunir 2.053 crianças imigrantes com suas famílias
24/06/2018 - 16:52   Homem tenta fuga, carro sai da pista e ele acaba preso com quase 0,5 t de droga
24/06/2018 - 16:41   Pré-candidato à presidência da República chega na Capital amanhã (25
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!