Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 25 de Setembro de 2018





Aparelho de academia tem mais bactérias que vaso sanitário, indica estudo



11 de Julho de 2018 - 09:50           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Quando pensamos em treino uma das primeiras coisas que nos vem à cabeça é saúde, não é mesmo? O problema, contudo, é que um estudo concluiu que a academia tem mais bactérias que um vaso sanitário. Isso, é claro, não é nem um pouco saudável!

Com o objetivo de entender o risco de infecções dentro desses locais, o site norte-americano FitRated junto com o laboratório EmLab P&K testaram 27 equipamentos de três academias. A pesquisa incluiu esteiras, bicicletas ergométricas e halteres.

Foram encontrados diversos tipos de bactérias, entre elas as Staphylococcus – causa mais comum de problemas de pele, pneumonia e septicemia. As amostras apontaram também a presença de bastonetes gram-negativas. Esse tipo de microrganismo pode ser resistente aos antibióticos e tem como exemplo a salmonella, causadora da febre tifóide. O terceiro tipo de bactérias encontrado foi as bastonetes gram-positivas, que em geral não é tão prejudicial à saúde.

Bactérias em números

Os halteres saíram na frente na lista de aparelhos mais contaminados: cada um deles possui 362 vezes mais bactérias do que um vaso sanitário.

Os testes indicaram também que a bicicleta ergométrica tem cerca de 39 vezes mais microrganismos que uma bandeja de praças de alimentação. Já as esteiras, considerando botões do painel e apoios, têm 74 vezes mais bactérias do que uma torneira de banheiro público.

Depois de ver esses números, certamente você começará a andar com o álcool em gel na bolsa para o pós-treino.











Plantão

.
25/09/2018 - 09:48   Prefeito Marcos Pacco assina termo de cooperação com Energisa, sobre manejo de arborização
25/09/2018 - 09:46   Ação de saúde na BR-163/MS acontece quarta (26)
25/09/2018 - 09:29   Gol carregado com 161 kg de maconha é apreendido em Dourados
25/09/2018 - 09:28   Pacientes terão acesso a informações sobre médicos credenciados
25/09/2018 - 09:01   Vereador solicita patrolamento, cascalhamento e caixas de contenção no Bandeirantes
25/09/2018 - 08:25   MPE proíbe eventos em local tradicional na Capital
25/09/2018 - 08:21   Homem invade residência e estupra menina de 12 anos
25/09/2018 - 08:13   Polícia encontra bilhete com “mula” e fecha entreposto de drogas no Estrela Porã
25/09/2018 - 08:00   Paola Antonini: ´minha autoestima melhorou depois que perdi a perna´
25/09/2018 - 07:50   Cidadão pode participar de decisões da Justiça como Jurado Voluntário
25/09/2018 - 07:40   Toffoli sanciona lei que amplia licença paternidade nas Forças Armadas
25/09/2018 - 07:30   Direção trava e condutor fica ferido ao colidir carro em rampa de caminhão
25/09/2018 - 07:20   Juiz anula decisão sobre patente de remédio para hepatite C
25/09/2018 - 07:10   ´MasterChef Profissionais´ terá mais uma ´Caixa Misteriosa´ nesta terça
25/09/2018 - 07:00   Três Projetos de Lei serão votados durante Ordem do Dia desta terça-feira
24/09/2018 - 19:46   Temer vai procurar sucessor para fazer reforma da Previdência este ano
24/09/2018 - 15:54   Com Ação Global ESF Copacabana comemora dois anos de atividades em Itaporã
24/09/2018 - 15:46   CCR MSVia informa que objeto na pista é ocorrência comum na BR-163/MS
24/09/2018 - 15:45   Semana de Execução termina com R$ 2,3 milhões pagos aos trabalhadores em MS
24/09/2018 - 15:44   Mais de 51 mil pessoas com direito ainda não sacaram o PIS em MS
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!