Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 17 de Julho de 2018





Sem deixar de ser agro, MS consolida vocação industrial
Nos últimos dez anos, Estado ampliou vagas na indústria mas sem perder foco do agronegócio


11 de Outubro de 2017 - 08:00           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Quarenta anos após a divisão de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul deixou de ter sua economia baseada nas culturas da soja e boi. A modernização no campo preparou o terreno para a chegada da indústria. A agricultura deu lugar ao agronegócio e mudou o perfil de empregado e empregadores em todo o Estado.

Esse avanço pode ser aferido em números. Conforme dados do Ministério do Desenvolvimento Econômico, Comércio Exterior e Serviços (Mdic), em 1997 (dados mais antigos disponíveis), Mato Grosso do Sul havia registrado receita de US$  383,698 milhões com exportações. Três produtos concentravam 76,07% desse resultado: o bagaço da soja (US$ 182,538 mi), soja em grãos (US$ 86,410 milhões) e minério (R$ 23,244 milhões).

Uma década depois, a receita de todo um ano de exportações se equipara ao resultado de um mês, e nem precisa ser dos melhores. Somente em maio deste ano, a balança comercial registrou faturamento de US$ 388,164 milhões. No acumulado do ano, já são US$ 3,722 bilhões de receita.  Para isso, o portfólio cresceu, a carne e a soja, que continuam ocupando lugar de destaque na balança comercial deram espaço a outros produtos, como a celulose e o papel. Segundo a balança, a soja é o carro-chefe das exportações, com US$ 1,227 bilhão exportado de janeiro a agosto deste ano; seguida pela celulose (US$ 697,635 milhões) e açúcar da cana (US$ 386,368 milhões).











Plantão

.
16/07/2018 - 15:00   Fronteira: Assaltantes em veículos brasileiros roubam carro forte no Paraguai
16/07/2018 - 14:56   São Gabriel do Oeste: Rifle, munições e facas são apreendidas e caçador é preso
16/07/2018 - 14:55   Suspensa resolução da ANS sobre coparticipação em planos de saúde
16/07/2018 - 14:54   Em sua 5ª edição, Batalha de Bandas abre inscrições para bandas autorais
16/07/2018 - 14:42   PMA leva conscientização ambiental durante a Feira Indígena
16/07/2018 - 14:40   Facção tentou contratar ´Lúcifer´ para matar inimigo em presídio
16/07/2018 - 14:39   Banco estatal alcança 76,8 milhões de contas poupança
16/07/2018 - 13:25   Diarista tem aparelho celular furtado enquanto fazia faxina em Itaporã
16/07/2018 - 11:57   Agentes Comunitárias de Saúde de Itaporã recebem festa em homenagens pelos 20 anos
16/07/2018 - 11:16   Menina de 11 anos é estuprada por primo após pais saírem para beber
16/07/2018 - 11:00   Morador de Rondonópolis é preso em Coronel Sapucaia com 17 kg de Maconha
16/07/2018 - 10:51   CCR MSVia informa os pontos de pare-e-siga na BR-163/MS
16/07/2018 - 10:48   Entra Vigor: Uso do eSocial passa a ser obrigatório para todas as empresas
16/07/2018 - 10:47   Consulta do saldo do PIS-Pasep com valor reajustado começa hoje
16/07/2018 - 10:45   Daniella Cicarelli exibe braços fortes e ganha elogios de seguidores
16/07/2018 - 10:44   Seleção francesa chega nesta manhã a Paris e será homenageada
16/07/2018 - 10:42   BUSCAS: Pai busca notícias sobre filho adolescente desaparecido
16/07/2018 - 10:40   Abevê realiza sorteio de veículo 0km no próximo sábado
16/07/2018 - 10:39   Pistoleiro invade residência e executa pedreiro
16/07/2018 - 10:37   Senado aprova lei de Marçal que garante tratamento das doenças raras pelo SUS
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!