Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Domingo, 24 de Junho de 2018





Roraima pede ao STF fechamento temporário de fronteira com Venezuela



14 de Abril de 2018 - 09:30           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Com o aumento da entrada de estrangeiros no país, a governadora de Roraima, Suely Campos, ingressou nesta sexta-feira (13) com um pedido no STF (Supremo Tribunal Federal) para que seja fechada temporariamente a fronteira com a Venezuela .

Ela alega que o ingresso de venezuelanos sobrecarregou o sistema de saúde de Boa Vista, capital de Roraima, e aumentou os índices de criminalidade. Para ela, o governo federal tem se omitido diante da explosão do fluxo migratório.

Hoje, a média de entrada de imigrantes pela cidade de Pacaraima (RR), que faz fronteira com a Venezuela, é de 500 a 700 pessoas por dia fugindo da crise econômica que assola o país   Segundo o governo estadual, desde 2015, cerca de 50 mil entraram pela fronteira terrestre, o que ultrapassa 10% da população de Roraima.

No pedido, a governadora solicita o fechamento até que sejam reforçados os auxílios do governo federal para controle da fronteira e a implantação de uma barreira sanitária. Ela cobra ainda do governo federal repasse de recursos para as áreas de saúde e educação, que, segundo ela, estão sobrecarregadas.

 “Além de estar prejudicado financeiramente, Roraima está de mãos atadas pois não pode controlar a fronteira nem implantar barreira sanitária, que são competências da União”, disse mais cedo Suely Campos.

Em Brasília, a governadora tratou do tema pela manhã com o ministro interino da Defesa, Joaquim Luna. Ele terá audiência nesta tarde com a presidente do STF, Cármen Lúcia.

Segundo Suely, hoje, a maior parte dos imigrantes que chegam a Roraima tem se estabelecido em praças e imóveis abandonados.

Os venezuelanos sem ensino superior têm pedido esmola, vendido doces ou lavado para-brisas nos semáforos em Boa Vista.

Na avenida Venezuela, uma das mais movimentadas da capital estadual, estrangeiros carregam placas se oferecendo para serviços de pedreiro e pintura.

No início deste mês, o governo federal iniciou processo de deslocamento de venezuelanos para São Paulo e para Mato Grosso No total, foram transferidos até o momento 266 estrangeiros, número considerado insuficiente pela governadora de Roraima.











Plantão

.
23/06/2018 - 14:22   PRF apreendeu 41 armas de fogo na última semana
23/06/2018 - 14:18   Motociclista perde os dentes após colidir moto em carro estacionado
23/06/2018 - 14:16   Hamilton confirma melhor desempenho e crava pole no GP da França
23/06/2018 - 14:14   Douglas Costa sofre lesão muscular na coxa e não enfrenta a Sérvia
23/06/2018 - 14:00   Jovens nascidos em 2000 devem fazer o alistamento militar
23/06/2018 - 13:56   Homem morre em Dourados após acidente na BR-163
23/06/2018 - 09:50   Sistema informatizado propõe auxilio ao produtor rural na gestão de risco
23/06/2018 - 09:45   Acelerador linear do Hospital do Câncer será inauguração em julho
23/06/2018 - 09:44   Jovem de 24 anos comete suicídio na Vila União em Itaporã
23/06/2018 - 09:30   DOF prende casal tentando levar 273 quilos de maconha para a Bahia
23/06/2018 - 09:20   Governo vai investir R$ 33 milhões em ampliação do Hospital Regional
23/06/2018 - 09:10   Ministro Fachin arquiva pedido de liberdade do ex-presidente Lula
23/06/2018 - 09:00   Deputados estão divididos sobre o rumo da aliança do partido em MS
23/06/2018 - 08:54   Famasul e Sejusp firmam parceria para prevenção de incêndios
23/06/2018 - 08:50   Em Mato Grosso do Sul, 17 estão sob proteção por correrem risco de morte
23/06/2018 - 08:40   Obras do Terminal Intermodal de Cargas vão continuar paradas na Capital
23/06/2018 - 08:27   Estado deve quase R$ 1 bilhão em precatórios e chama 1.378 credores
22/06/2018 - 16:20   Deputado Renato Câmara é entrevistado no Programa Espaço Aberto, com Amarildo Ricci
22/06/2018 - 15:51   Senai irá propor à Aneel auxílio em auditorias do Programa de Eficiência Energética
22/06/2018 - 15:45   Obras e serviços na BR-163/MS exigem pare-e-siga da CCR MSVia
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!