Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Terça-feira, 17 de Julho de 2018





Rolemberg estevão de souza: "Um certo sentimento de patriotismo"



16 de Abril de 2018 - 08:30           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

A primeira semana de abril de 2018 entrará para a história do país como um ponto de inflexão, em que o respeito às instituições, o bom funcionamento do Poder Judiciário e a demonstração de que ninguém está acima da lei venceram as forças do fisiologismo, da corrupção endêmica e da protelação judicial interminável. A tristeza de ver um ex-presidente da República sendo preso, pois muito diz sobre nossa sociedade, foi contrabalançada pelos procedimentos pacíficos, respeitosos das regras e da Constituição.

Neste contexto, o futuro que se nos avizinha cobra das autoridades públicas seriedade no exercício dos cargos, respeito às aspirações da sociedade e compromisso com o futuro das novas gerações. 

Lembro-me das primeiras lições de diplomacia que tive no Itamaraty, em que aprendemos a admirar a figura de Rio Branco e seu sentimento de patriotismo, os esforços para bem compreender o Brasil, sua terra e sua gente. O zelo e a dedicação incansável com os quais ajudou a definir os contornos definitivos do Brasil garantiu a nós mato-grossenses e mato-grossenses do Sul a terra fértil, a paz com os vizinhos e as demais condições para a prosperidade. Semelhante empenho na defesa dos valores do país, deveremos esperar dos candidatos que saírem vitoriosos das eleições deste ano. É preciso, neste momento de crise e indefinições, reforçar o sentido de pertencimento ao Brasil, ao Mato Grosso do Sul e aos demais estados que formam nossa nação. 

Somente com sentimento de fraternidade e união poderemos assegurar os horizontes de todos os segmentos da população quanto ao constante aprimoramento e elevação do nível de vida. Devemos cuidar de nossos jovens, dar-lhes educação de qualidade e condições para se tornarem empreendedores, bons profissionais nas mais variadas áreas de atuação ou servidores públicos honrados. Da mesma forma, zelar pelo bem-estar dos idosos, respeitar os direitos que lhes foram assegurados no passado e ouvir seus conselhos e orientações. 

É claro que este conjunto de aspirações depende da superação de nossos problemas estruturais e de desenvolvimento de longo prazo. Desenvolvimento social, político e econômico. Tudo isso demanda capacidade de captação de recursos financeiros e bom gerenciamento. Muitas são as instituições internacionais em condições de investir em educação, saúde e demais aspectos que afetam o dia-a-dia dos grupos carentes de nossa sociedade. Os recursos nacionais, somados à arrecadação do Estado, podem garantir obras de infra-estrutura e investimentos necessários para a dinamização da economia. Em um período no qual a sociedade apresenta flagrante envelhecimento e o prolongamento da vida útil de cada brasileira e brasileiro exige mais recursos é hora de demonstrarmos que também nós podemos construir uma sociedade mais justa, por meio – como diria Hélio Jaguaribe – de um nacionalismo de fins. 

Rio Branco defendeu nosso território com as armas do conhecimento e da negociação, incorporou valores do Iluminismo e sempre soube que a liberdade com responsabilidade social era basilar na construção da nação. Respeitava a propriedade privada e as instituições, tanto no Império quanto na República. 
Nas eleições deste ano, precisaremos cultivar valores semelhantes, sem radicalismos ou saídas fáceis, com respeito à Constituição e aos valores tradicionais do país.











Plantão

.
16/07/2018 - 15:00   Fronteira: Assaltantes em veículos brasileiros roubam carro forte no Paraguai
16/07/2018 - 14:56   São Gabriel do Oeste: Rifle, munições e facas são apreendidas e caçador é preso
16/07/2018 - 14:55   Suspensa resolução da ANS sobre coparticipação em planos de saúde
16/07/2018 - 14:54   Em sua 5ª edição, Batalha de Bandas abre inscrições para bandas autorais
16/07/2018 - 14:42   PMA leva conscientização ambiental durante a Feira Indígena
16/07/2018 - 14:40   Facção tentou contratar ´Lúcifer´ para matar inimigo em presídio
16/07/2018 - 14:39   Banco estatal alcança 76,8 milhões de contas poupança
16/07/2018 - 13:25   Diarista tem aparelho celular furtado enquanto fazia faxina em Itaporã
16/07/2018 - 11:57   Agentes Comunitárias de Saúde de Itaporã recebem festa em homenagens pelos 20 anos
16/07/2018 - 11:16   Menina de 11 anos é estuprada por primo após pais saírem para beber
16/07/2018 - 11:00   Morador de Rondonópolis é preso em Coronel Sapucaia com 17 kg de Maconha
16/07/2018 - 10:51   CCR MSVia informa os pontos de pare-e-siga na BR-163/MS
16/07/2018 - 10:48   Entra Vigor: Uso do eSocial passa a ser obrigatório para todas as empresas
16/07/2018 - 10:47   Consulta do saldo do PIS-Pasep com valor reajustado começa hoje
16/07/2018 - 10:45   Daniella Cicarelli exibe braços fortes e ganha elogios de seguidores
16/07/2018 - 10:44   Seleção francesa chega nesta manhã a Paris e será homenageada
16/07/2018 - 10:42   BUSCAS: Pai busca notícias sobre filho adolescente desaparecido
16/07/2018 - 10:40   Abevê realiza sorteio de veículo 0km no próximo sábado
16/07/2018 - 10:39   Pistoleiro invade residência e executa pedreiro
16/07/2018 - 10:37   Senado aprova lei de Marçal que garante tratamento das doenças raras pelo SUS
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!