Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017





PMA intensifica fiscalização para coibir pesca predatória e tráfico de animais
Operação Pacificador 67 contará com efetivo de 362 militares em todo MS


10 de Outubro de 2017 - 06:41           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Por conta dos feriados prolongados nesta semana, a Polícia Militar Ambiental (PMA) vai intensificar a fiscalização nos rios e estradas de Mato Grosso do Sul a partir das 7h30 de amanhã até a próxima segunda-feira (16). O foco é coibir a pesca predatória e o tráfico de papagaios.

Segundo a PMA, a operação, intitulada Pacificador 67, contará com efetivo de 362 homens e será realizada de forma unificada por todas as unidades da Polícia Militar no Estado.

Por conta da proximidade da pré-piracema, quando vários cardumes já estão formados, e do aumento de turistas e pescadores durante o feriado prolongado, um dos focos da operação é prevenir e reprimir a pesca predatória nos rios do Estado.

Além disso, devido ao fechamento da pesca nos rios de Mato Grosso, a PMA priorizará a fiscalização na divisa com esse Estados, nos rios Correntes e nas áreas do Pantanal, como foz do Rio Piquiri e rios São Lourenço, Cuiabá e Paraguai.

O crime de tráfico de animais silvestres também terá atenção especial durante a operação. Isto porque de agosto a dezembro é o período de reprodução do papagaio, que é a espécie mais traficada em MS.

Apesar do foco principal nestes dois crimes, também serão combatidos e prevenidos o desmatamento, carvoarias irregulares, transporte ilegal de produtos perigosos e todos os crimes contra a fauna e flora.

Crimes de natureza adversa à ambiental também serão alvos da fiscalização, como tráfico de drogas e de armas, contrabando, descaminho, furto e roubo de veículos, porte e posse ilegal de arma, entre outros.

Quatro equipes de Campo Grande estarão itinerantes, fiscalizando todos os tipos de crimes de infrações ambientais, além de estarem em contato com as equipes de rios, para movimentação de presos e materiais para as delegacias, em caso de prisões em flagrante.

No mesmo período do ano passado, na operação chamada Padroeira do Brasil, a PMA autuou 18 pessoas por pesca ilegal, 10 por infrações ambientais e aplicou R$ 246,7 mil em multas.











Plantão

.
19/10/2017 - 17:36   Sanesul de Itaporã comunica que faltará água em 13 bairros nesta sexta-feira
19/10/2017 - 16:50   Itaporã: chuva chega após tempestade de Terra amenizando o calor
19/10/2017 - 14:31   Ventania derruba árvore e destrói Blazer comprada há uma semana em Dourados
19/10/2017 - 14:22   Nova série da Netflix, ´O Justiceiro´ ganha data de estreia
19/10/2017 - 14:17   Com estoque quase zerado, Hemosul necessita de sangue O positivo e negativo
19/10/2017 - 14:14   Após briga em banho de sol, lutador e Nando podem ser transferidos de presídio
19/10/2017 - 14:09   Águas Guariroba está entre as 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil
19/10/2017 - 14:05   Casal é detido por dar aulas de crossfit sem autorização do Conselho
19/10/2017 - 14:02   Deputados cogitam liminar para retorno dos abates em frigoríficos no Estado
19/10/2017 - 13:58   Manifestantes tentam entrar na Assembleia com faca, bebida e explodem bomba
19/10/2017 - 13:54   Corrêa garante que CPI vai entrar com liminar para retomada de abates
19/10/2017 - 13:51   Suspeito de abusos sexuais oferecia presentes para menores
19/10/2017 - 13:46   Novo trecho do macroanel rodoviário ligará saídas de Cuiabá e Rochedo
19/10/2017 - 12:59   Em Itaporã tempestade de terra deixa município em Alerta
19/10/2017 - 10:08   Batata e alface registram menores preços nas gôndolas
19/10/2017 - 10:00   Estudante de medicina é presa levando ossada para envernizar em chácara
19/10/2017 - 09:38   Jornalista é preso em flagrante depois de receber R$ 7 mil de prefeito
19/10/2017 - 09:33   Lutador que matou hóspede e Nando trocam agressões em presídio
19/10/2017 - 09:29   Ministério Público recomenda exoneração de secretário de educação
19/10/2017 - 09:23   Mobilização de trabalhadores de frigorífico chama atenção no centro da Capital
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!