Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sábado, 15 de Dezembro de 2018





‘Não adianta ficar no espírito do faz de conta’, diz Reinaldo sobre reforma da Previdência
Governador afirma que mudanças irão preservar direitos adquiridos


13 de Novembro de 2017 - 15:58           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

‘Não adianta ficar no espírito do faz de conta’, diz Reinaldo sobre reforma da Previdência

 
 

Em entrevista à imprensa, o governador Reinaldo Azambuja deu um recado para quem é contra a reforma da Previdência de Mato Grosso do Sul. Ele afirmou, nesta segunda-feira (13), que não adiantar fingir que não existe um rombo nas contas. O chefe do Executivo entregou resfriadores de leite no Cepaer (Centro de Pesquisa e Capacitação da Agraer), na rodovia MS-010, em Campo Grande.

O governador disse que as mudanças preservam os direitos. Ele afirmou ainda que se a reforma não for aprovada, em “curtíssimo prazo”, poderá haver problemas nos pagamentos de pensionistas e inativos.

“Em curtíssimo prazo poderemos ter problemas em pagamento de pensionistas e inativos. Então, eu acho que isso aí, primeiro, não tira direito de ninguém, unifica os fundos, cria uma estabilidade, dá uma segurança futura para o recebimento, aumenta a alíquota tanto do ativo e inativo como do patronal para a gente atingir o equilíbrio necessário para cumprir com as obrigações. Não adianta a gente ficar no espírito do faz de conta. A pessoa contribui por anos e chega no momento da aposentadoria e muitas vezes não tem o recurso, como está acontecendo em inúmeros estados”, afirmou.

Reinaldo Azambuja declarou ainda que a reforma não foi feita para o governo, mas para o Estado, garantindo a segurança do recebimento da aposentadoria. “Hoje de manhã mesmo vi matérias a nível nacional de quatro grandes estados que não estão conseguindo pagar aposentados e pensionistas. Isso está sendo recorrente. Para que isso não aconteça no futuro em Mato Grosso do Sul estamos fazendo, preservando os direitos, mas criando um equilíbrio previdenciário para a segurança dos próprios servidores”.

A reforma da Previdência já está na Assembleia Legislativa. São dois projetos. A contribuição passará de 11% para 14%, no caso dos servidores, e de 22% para 28%, para a classe patronal. Nos cálculos do governo, com a aprovação dos textos o déficit previdenciário mensal irá cair de R$ 83,7 milhões para R$ 48,6 milhões - número 41% menor. O anúncio do aumento das alíquotas foi recebido com críticas pelos sindicatos dos servidores.


midiamax











Plantão

.
15/12/2018 - 08:09   De biquíni, Bia e Bianca Feres fazem pose de ioga e brincam: "esquenta"
15/12/2018 - 08:04   Eleitos em 2018 são diplomados pelo TRE/MS
15/12/2018 - 08:01   Mega-Sena pode pagar R$ 42 milhões neste sábado
15/12/2018 - 07:59   Temer assina extradição de Cesare Battisti
14/12/2018 - 17:25   Pré-matrícula para veteranos da Uems vão de 21 de janeiro até 9 de fevereiro
14/12/2018 - 17:24   IFMS divulga resultado para ingresso em cursos técnicos integrados
14/12/2018 - 17:20   Homem é assassinado a facadas horas após sair da prisão
14/12/2018 - 16:33   Concurso para professores terá reforço na segurança, transporte e esquema especial de trânsito
14/12/2018 - 16:31   Casa é consumida pelo fogo e gestante perde todo o enxoval
14/12/2018 - 16:30   Defesa de João de Deus afirma não ter tido acesso a depoimentos
14/12/2018 - 16:30   Mega pode pagar prêmio de R$ 42 milhões amanhã
14/12/2018 - 16:29   Publicada Resolução que cria Centro de Memória da Assembleia Legislativa
14/12/2018 - 14:23   TRÁFICO Mulher é presa com cocaína em táxi na BR-262
14/12/2018 - 14:20   Justiça de Goiás determina prisão de João de Deus
14/12/2018 - 13:15   Paratletas de MS participam de campeonatos de Bocha Paralímpica em SP
14/12/2018 - 12:32   Justiça declara inexistente cobrança por serviço não realizado
14/12/2018 - 12:31   BELEZA Confira dez dicas para manter seu cabelo na moda e saudável
14/12/2018 - 12:20   Dupla é presa e 215 kg de maconha são apreendidos
14/12/2018 - 11:58   PMA de Dourados fecham rinha e atuam proprietario em R$ 16,5 mil
14/12/2018 - 11:56   Bolsonaro diz que revisará contratos de publicidade da Caixa
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!