Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018





‘Não adianta ficar no espírito do faz de conta’, diz Reinaldo sobre reforma da Previdência
Governador afirma que mudanças irão preservar direitos adquiridos


13 de Novembro de 2017 - 15:58           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

‘Não adianta ficar no espírito do faz de conta’, diz Reinaldo sobre reforma da Previdência

 
 

Em entrevista à imprensa, o governador Reinaldo Azambuja deu um recado para quem é contra a reforma da Previdência de Mato Grosso do Sul. Ele afirmou, nesta segunda-feira (13), que não adiantar fingir que não existe um rombo nas contas. O chefe do Executivo entregou resfriadores de leite no Cepaer (Centro de Pesquisa e Capacitação da Agraer), na rodovia MS-010, em Campo Grande.

O governador disse que as mudanças preservam os direitos. Ele afirmou ainda que se a reforma não for aprovada, em “curtíssimo prazo”, poderá haver problemas nos pagamentos de pensionistas e inativos.

“Em curtíssimo prazo poderemos ter problemas em pagamento de pensionistas e inativos. Então, eu acho que isso aí, primeiro, não tira direito de ninguém, unifica os fundos, cria uma estabilidade, dá uma segurança futura para o recebimento, aumenta a alíquota tanto do ativo e inativo como do patronal para a gente atingir o equilíbrio necessário para cumprir com as obrigações. Não adianta a gente ficar no espírito do faz de conta. A pessoa contribui por anos e chega no momento da aposentadoria e muitas vezes não tem o recurso, como está acontecendo em inúmeros estados”, afirmou.

Reinaldo Azambuja declarou ainda que a reforma não foi feita para o governo, mas para o Estado, garantindo a segurança do recebimento da aposentadoria. “Hoje de manhã mesmo vi matérias a nível nacional de quatro grandes estados que não estão conseguindo pagar aposentados e pensionistas. Isso está sendo recorrente. Para que isso não aconteça no futuro em Mato Grosso do Sul estamos fazendo, preservando os direitos, mas criando um equilíbrio previdenciário para a segurança dos próprios servidores”.

A reforma da Previdência já está na Assembleia Legislativa. São dois projetos. A contribuição passará de 11% para 14%, no caso dos servidores, e de 22% para 28%, para a classe patronal. Nos cálculos do governo, com a aprovação dos textos o déficit previdenciário mensal irá cair de R$ 83,7 milhões para R$ 48,6 milhões - número 41% menor. O anúncio do aumento das alíquotas foi recebido com críticas pelos sindicatos dos servidores.


midiamax











Plantão

.
21/09/2018 - 21:43   Itaporã participa dos Jogos da Melhor Idade em Jardim
21/09/2018 - 21:39   Itaporã realizou palestra de sensibilização da Campanha Setembro Amarelo
21/09/2018 - 16:46   Idoso está perdido em mata no Pantanal desde sábado
21/09/2018 - 16:40   Fazendeiro é autuado em mais de R$ 300 mil por deixar gado com fome e sede
21/09/2018 - 16:39   União arrecada R$ 109,751 bi em tributos em agosto
21/09/2018 - 16:38   MS tem a segunda maior área plantada com eucalipto do País, diz IBGE
21/09/2018 - 16:35   PMA autua dois infratores por pesca ilegal no rio Pardo e apreende pescado e petrechos ilegais de pesca
21/09/2018 - 16:28   Com clima ameno, Primavera começa na noite deste sábado
21/09/2018 - 16:26   Defesa prevê que até 14 estados podem pedir apoio para as eleições
21/09/2018 - 16:20   IFMS abre inscrições em concurso público para técnicos-administrativos
21/09/2018 - 16:19   MP investiga vazamento de esgoto que matou mais de 5 mil peixes em Dourados
21/09/2018 - 16:13   Presidente da Câmara assume o Executivo após cassação de prefeito
21/09/2018 - 16:08   Goiás recebe a Ponte Preta em busca da liderança da Série B
21/09/2018 - 13:11   Três homens são presos com quase meia tonelada de maconha em Coronel Sapucaia
21/09/2018 - 10:51   Hoje é dia de apagar as velinhas e cantar parabéns para Nayara Araújo
21/09/2018 - 10:15   Com munições e pistola dentro de ônibus, homem acaba preso pela polícia
21/09/2018 - 10:10   Por divergências, júri de Nando é adiado e só comparsa será julgado
21/09/2018 - 10:09   MP convoca órgãos de segurança e orienta contra crimes eleitorais
21/09/2018 - 10:08   Polícia Federal faz operação contra fraude no seguro-desemprego
21/09/2018 - 10:06   Megaevento Paralímpico ocorre amanhã em Dourados e Campo Grande
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!