Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Domingo, 22 de Abril de 2018





Expogrande faz crescer criminalidade no entorno do Parque de Exposições
Moradores revelam maior ocorrência de furtos nos dias do evento


14 de Abril de 2018 - 09:50           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Expogrande faz crescer criminalidade no entorno do Parque de Exposições

 
 

Todo ano a Expogrande é sinônimo de falta de segurança para os moradores e comerciantes que estão ao redor do Parque de Exposições Laucídio Coelho, localizado dentro da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), Bairro Jardim América, em Campo Grande. Com a aglomeração de pessoas que vão ao evento, que neste ano tem duração de dez dias, aumenta também o número de criminosos que veem a situação como oportunidade para cometer furtos. 

Na semana passada, o comerciante Dhiego Rafael Romano gravou um homem tentando arrombar seu restaurante no final da tarde. “A pessoa chutou várias vezes, foi até a câmera para ver se funcionava e ficou forçando a porta durante meia hora”. 

O local fica a 250 metros do Parque de Exposições e o empresário foi procurar o homem para denunciar à polícia. “Cheguei ao parque e ele estava cuidando dos carros. Acho que vem muita gente que não é daqui. Catador de latinha, “noinha” (usuário de droga) e um povo malicioso. Teve uma blitz esses dias e pegaram carteira falsificada e gente portando drogas”, contou o comerciante. 

Para tentar coibir a ação, nem muros altos, cercas elétricas, videomonitoramento e cachorros funcionam. Há proprietários que acabam dormindo no escritório para evitar a presença de bandidos. “Mesmo assim eles entram. Estou aqui há 12 anos e já entraram seis vezes, apesar do meu filho morar dentro da oficina. Mas desde quando estava construindo já entravam. Roubaram até as ferramentas do pedreiro”, disse o empresário, Antônio Carlos Corrêa. 











Plantão

.
22/04/2018 - 09:10   Vereadora Lourdes Struziati agradece Governador e Prefeito pelas obras no município
21/04/2018 - 20:17   Paratleta de MS conquista medalhas de ouro em competição nacional
21/04/2018 - 20:13   Indicações ao prêmio Troféu Marco Verde continuam abertas
21/04/2018 - 20:12   Faltam poucos dias para fim do prazo de entrega da declaração do IRPF. Tire suas dúvidas
21/04/2018 - 20:08   Paulista é preso com maconha, skunk e haxixe na rodoviária
21/04/2018 - 20:06   Ministério Público libera Morenão até o fim do Brasileirão
21/04/2018 - 15:54   O itaporanense José Calderan Bordin é o novo Presidente do Sindicato Rural de Caracol.
21/04/2018 - 11:39   NAVIRAI: Advogada morre de H3N2 ao dar entrada em hospital
21/04/2018 - 10:50   TJMS será inspecionado pela Corregedoria Nacional de Justiça na próxima semana
21/04/2018 - 10:47   Plantas comestíveis exóticas chamam atenção em feira de Dourados
21/04/2018 - 10:37   Caminhonete com família capota, esposa é arremessada e morre no local
21/04/2018 - 10:36   Índia aprova decreto que prevê pena de morte para estupro de menores de 12 anos
21/04/2018 - 10:35   Vizinho aproveita saída do pai e estupra menina de 11 anos em Dourados
21/04/2018 - 10:14   Grêmio negocia empréstimo de atacante da base ao Paysandu
21/04/2018 - 10:13   Embriagado, jovem chama policial de ´vagabundo´ e é preso por desacato
21/04/2018 - 10:10   Motociclista invade pista contrária e morre em acidente na MS-473
21/04/2018 - 09:29   Paraguai espera conclusão da rodovia Transchaco até 2020
21/04/2018 - 09:23   Carro de luxo furtado em São Paulo é recuperado em Água Clara
21/04/2018 - 09:20   Pavimentação em rodovia não avança e contrato pode ser rescindido
21/04/2018 - 09:04   Aposta do Distrito Federal fatura sozinha R$ 9,3 milhões da Mega-Sena
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!