Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018





Expogrande faz crescer criminalidade no entorno do Parque de Exposições
Moradores revelam maior ocorrência de furtos nos dias do evento


14 de Abril de 2018 - 09:50           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Expogrande faz crescer criminalidade no entorno do Parque de Exposições

 
 

Todo ano a Expogrande é sinônimo de falta de segurança para os moradores e comerciantes que estão ao redor do Parque de Exposições Laucídio Coelho, localizado dentro da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), Bairro Jardim América, em Campo Grande. Com a aglomeração de pessoas que vão ao evento, que neste ano tem duração de dez dias, aumenta também o número de criminosos que veem a situação como oportunidade para cometer furtos. 

Na semana passada, o comerciante Dhiego Rafael Romano gravou um homem tentando arrombar seu restaurante no final da tarde. “A pessoa chutou várias vezes, foi até a câmera para ver se funcionava e ficou forçando a porta durante meia hora”. 

O local fica a 250 metros do Parque de Exposições e o empresário foi procurar o homem para denunciar à polícia. “Cheguei ao parque e ele estava cuidando dos carros. Acho que vem muita gente que não é daqui. Catador de latinha, “noinha” (usuário de droga) e um povo malicioso. Teve uma blitz esses dias e pegaram carteira falsificada e gente portando drogas”, contou o comerciante. 

Para tentar coibir a ação, nem muros altos, cercas elétricas, videomonitoramento e cachorros funcionam. Há proprietários que acabam dormindo no escritório para evitar a presença de bandidos. “Mesmo assim eles entram. Estou aqui há 12 anos e já entraram seis vezes, apesar do meu filho morar dentro da oficina. Mas desde quando estava construindo já entravam. Roubaram até as ferramentas do pedreiro”, disse o empresário, Antônio Carlos Corrêa. 











Plantão

.
14/10/2018 - 18:05   Jovem é preso após furtar residência
14/10/2018 - 17:53   Criança Feliz completa 2 anos com mais de 300 mil visitas
14/10/2018 - 17:51   Violência contra mulheres impede acesso a serviços de HIV, diz ativista
14/10/2018 - 17:48   Identificados gentes que tornam a cana-de-açúcar mais resistente à seca
14/10/2018 - 17:27   Banco inicia serviço de transações financeiras por WhatsApp
14/10/2018 - 17:25   Revisão no ensino médio prevê ao menos duas formações para estudantes
14/10/2018 - 17:19   ONU alerta para retrocessos na eliminação da pena de morte no mundo
14/10/2018 - 16:54   Encerra hoje o prazo de inscrição para concurso do IFMS
14/10/2018 - 16:34   Marielle Franco será homenageada no Carnaval 2019
14/10/2018 - 16:20   Semana Nacional de Ciência e Tecnologia será nas aldeias Bororó e Jaguapiru
14/10/2018 - 15:33   PMA autua três por pesca ilegal no rio Pardo e Anhanduí
14/10/2018 - 14:25   Conab prevê safra recorde em 2018/19, com soja e milho liderando
14/10/2018 - 13:15   Em Campo Grande Jovem é baleado ao sair de boate
14/10/2018 - 11:45   Alto Comissariado da ONU condena violência durante eleições no Brasil
14/10/2018 - 11:30   Jovem é executado a tiros na frente da esposa
14/10/2018 - 10:45   Secretário-geral da FIBA morre após sofrer ataque cardíaco
14/10/2018 - 10:45   Manufaturados perdem participação nas exportações em 2018
14/10/2018 - 10:40   Ciclista sofre atropelamento e fica em estado gravíssimo
14/10/2018 - 09:15   Motorista colide de frente com carreta e morre
14/10/2018 - 08:42   Candidato agora só pode ser preso em flagrante
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!