Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Domingo, 17 de Dezembro de 2017





Estado terá mais nove profissionais do Programa Mais Médicos
Profissionais atuarão na atenção básica de seis municípios nesta segunda


10 de Outubro de 2017 - 06:52           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Nove profissionais do Programa Mais Médicos começarão a atuar na atenção básica de seis municípios de Mato Grosso do Sul. Formados no exterior, médicos iniciam as atividades no Estado nesta segunda-feira (9). 

Serão quatro vagas para Corumbá, uma para Corguinho, outra para Miranda, além de Sonora e Taquarussu.

Os médicos fazem parte dos cerca de 1.400 brasileiros que aderiram ao último edital do projeto. No total, já são 8.316 profissionais no programa, representando 45,6% do total. 

No Estado, o número de médicos que atuam pelo Mais Médicos é de 210 profissionais. 

A prioridade da pasta é ampliar a participação nacional, tornando a iniciativa mais independente e garantindo atendimento médico à população. O número de médicos brasileiros participantes do Programa Mais Médicos aumentou 44% em menos de um ano. 

Essa é a segunda fase do edital. A primeira foi voltada exclusivamente aos médicos formados no país. Esses novos profissionais iniciam as atividades em Unidades Básicas de Saúde a partir da próxima segunda-feira (16) em cerca de 800 municípios de 25 estados e Distrito Federal, além de 8 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs). Juntos, eles devem cobrir região com 4,8 milhões de pessoas.

Ao todo, foram 1.985 inscritos, mais de um candidato por vaga. 

Durante o mês de setembro, os novos médicos passaram pelo módulo de acolhimento realizado em Brasília (DF).

Os profissionais participaram de oficinas educacionais sobre temas diversos, como legislação referente ao Sistema Único de Saúde (SUS), protocolos clínicos de atendimento do SUS, língua portuguesa e código de ética médica.

Por fim, os intercambistas realizaram uma avaliação de conhecimento, necessária para a aprovação do profissional participante.   

PROGRAMA

O Mais Médicos foi renovado por mais três anos e a pasta conseguiu reajustar o valor da bolsa anualmente aos médicos participantes.

Os profissionais terão acréscimo de 10% nos auxilio moradia e alimentação para aqueles alocados em distritos indígenas. O valor era de R$ 2.500 mensal e agora, com o reajuste, passou a ser R4 2.750. 

O Ministério da Saúde, por meio da portaria, reajustou em 10% o valor máximo e mínimo repassados pelos municípios aos participantes, para custeio de moradia e alimentação. 

HISTÓRIA

Criado em 2013, o Programa Mais Médicos ampliou à assistência na Atenção Básica fixando médicos nas regiões com carência de profissionais.

O programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 DSEIs, levando assistência para cerca de 63 milhões de brasileiros.

Do total de médicos participantes, 47,1% são profissionais da cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), 45,6% brasileiros formados no Brasil ou no exterior e 4,16% são intercambistas estrangeiros. As demais vagas serão abertas para reposição. 

Desde novembro de 2016, o Ministério da Saúde está abrindo oportunidades para a substituição de médicos da cooperação com a OPAS.

Foi feito levantamento para ver quais cidades atendidas por profissionais cubanos poderiam atrair brasileiros. A expectativa é realizar quatro mil substituições em três anos, tornando a iniciativa mais autossuficiente. Até o momento, mais de 1.000 postos foram substituídos por brasileiros.











Plantão

.
17/12/2017 - 17:50   Filha é acusada de manter mãe doente trancada em casa e sem comida
17/12/2017 - 12:12   Com fronteira tranquila, eleição movimenta 4,5 milhões de paraguaios
17/12/2017 - 12:08   Alvo de 5 mandados de prisão no Paraná é flagrado com carro roubado
17/12/2017 - 11:57   Presas serram cadeado e fogem de celas de delegacia no interior
17/12/2017 - 10:14   Maracaju: Polícia Militar fecha boca de fumo e apreende adolescente infrator em flagrante por tráfico de drogas
17/12/2017 - 10:07   PMR apreende veículo com 224 kg de maconha entre Nova Andradina e Batayporã
17/12/2017 - 10:05   Homem embriagado agride esposa com socos em Sidrolândia
17/12/2017 - 10:03   Polícia descobre bunker de droga em MS com capacidade de até 6 toneladas
17/12/2017 - 09:56   Pistoleiros executam dois a tiros na fronteira
16/12/2017 - 15:45   Incentivos fiscais oferecidos pelo Governo são convalidados
16/12/2017 - 15:40   Detran abre 50 vagas para instrutor de trânsito em Campo Grande
16/12/2017 - 15:30   Homem é encontrado morto deitado no sofá de casa e sem as partes íntimas
16/12/2017 - 15:18   "Terá punição", diz Alckmin sobre tucanos contrários à Previdência
16/12/2017 - 15:18   Um mês após sumiço de submarino, cai comandante da Marinha argentina
16/12/2017 - 15:14   Débitos do FlexPark poderão ser pagos via aplicativo
16/12/2017 - 14:31   Divulgado o resultado parcial das eleições da presidência do Crea-MS
16/12/2017 - 14:24   Tradição e inovação misturam-se em casamento coletivo na Capital
16/12/2017 - 14:22   Moro, PF e procuradores mentem e são dignos de pena, diz Lula
16/12/2017 - 13:22   Cirurgião narra como conheceu Lispector e inspirou narrador de ´A Hora da Estrela´
16/12/2017 - 13:20   São Paulo aceita Lucca, mas proposta do Cruzeiro ainda não agrada
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!