Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Domingo, 22 de Abril de 2018





Cheia no Pantanal leva escola rural a interromper aulas
Instituição municipal atende alunos da comunidade Barra do São Lourenço


14 de Abril de 2018 - 09:20           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

Cheia no Pantanal leva escola rural a interromper aulas

 
 

As aulas da escola municipal rural Polo São Lourenço, localizada na comunidade Barra do São Lourenço, a 220 km do município de Corumbá interromperá as aulas no próximo dia 20 de abril devido à cheia na região.

De acordo com a divulgação feita pela direção das escolas das Águas, o nível do rio pode afetar as condições de saúde e segurança dos estudantes e professores. 

Segundo informações da Organização Não Governamental (Ong) Ecoa, a escola se localiza em uma área considerada de risco, em razão da erosão natural e gradativa da margem do rio, que nos períodos de cheia (somado as chuvas) se agrava.

Como o espaço também é utilizado como alojamento, os estudantes ficam muitas vezes isolados, sem recreação ou possibilidade de ensino de qualidade. 

Contudo, a Ecoa explica que o aviso é feito de forma preventiva, sempre que são estimados períodos de cheia no Pantanal. Outro alerta emitido teve como destino os moradores da comunidade Barra do São Lourenço, visto que o nível do rio atingiu a cota social, estabelecida de acordo com o levantamento de dados do Projeto Prevenção.

ESFORÇOS CONJUNTOS

O Programa Povo das Águas, mantido pela Prefeitura de Corumbá, prestou atendimento às comunidades ribeirinhas do Pantanal no mês de março, levando atendimento médico, odontológico, de enfermagem, social e educacional para as famílias que residem em regiões de difícil acesso do Pantanal.

Em agosto do ano passado, durante audiência pública, o Aterro do Binega – uma área mais alta na região – foi definido como o local para as futuras instalações de uma nova escola. Nesta mesma audiência, ficou aprovada a licitação para reforma da atual, a fim de fornecer condições mínimas de ensino.   

 











Plantão

.
22/04/2018 - 09:10   Vereadora Lourdes Struziati agradece Governador e Prefeito pelas obras no município
21/04/2018 - 20:17   Paratleta de MS conquista medalhas de ouro em competição nacional
21/04/2018 - 20:13   Indicações ao prêmio Troféu Marco Verde continuam abertas
21/04/2018 - 20:12   Faltam poucos dias para fim do prazo de entrega da declaração do IRPF. Tire suas dúvidas
21/04/2018 - 20:08   Paulista é preso com maconha, skunk e haxixe na rodoviária
21/04/2018 - 20:06   Ministério Público libera Morenão até o fim do Brasileirão
21/04/2018 - 15:54   O itaporanense José Calderan Bordin é o novo Presidente do Sindicato Rural de Caracol.
21/04/2018 - 11:39   NAVIRAI: Advogada morre de H3N2 ao dar entrada em hospital
21/04/2018 - 10:50   TJMS será inspecionado pela Corregedoria Nacional de Justiça na próxima semana
21/04/2018 - 10:47   Plantas comestíveis exóticas chamam atenção em feira de Dourados
21/04/2018 - 10:37   Caminhonete com família capota, esposa é arremessada e morre no local
21/04/2018 - 10:36   Índia aprova decreto que prevê pena de morte para estupro de menores de 12 anos
21/04/2018 - 10:35   Vizinho aproveita saída do pai e estupra menina de 11 anos em Dourados
21/04/2018 - 10:14   Grêmio negocia empréstimo de atacante da base ao Paysandu
21/04/2018 - 10:13   Embriagado, jovem chama policial de ´vagabundo´ e é preso por desacato
21/04/2018 - 10:10   Motociclista invade pista contrária e morre em acidente na MS-473
21/04/2018 - 09:29   Paraguai espera conclusão da rodovia Transchaco até 2020
21/04/2018 - 09:23   Carro de luxo furtado em São Paulo é recuperado em Água Clara
21/04/2018 - 09:20   Pavimentação em rodovia não avança e contrato pode ser rescindido
21/04/2018 - 09:04   Aposta do Distrito Federal fatura sozinha R$ 9,3 milhões da Mega-Sena
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!