Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017





Aplicativo de viagens de táxi e carona paga começará a funcionar na Capital
Similar à Uber, o ´99 Pop´ deve começar a funcionar nas próximas semanas


10 de Outubro de 2017 - 06:31           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Aplicativo de celular conhecido por oferecer viagens de táxi e que funciona em Campo Grande há cerca de dois anos, o 99 agora vai ser um concorrente da Uber nos serviços de caronas pagas na cidade. Desde o sábado (7), usuários estão sendo informados de que entrará em funcionamento na Capital  nas próximas semanas o ´99 Pop´, aplicativo similar à Uber.

"Estamos chegando na sua cidade pra levar você e a galera toda aos melhores lugares, conhecendo cada canto e ouvindo boas histórias do banco da frente. Essa é a nossa viagem! Embarcar todos juntos sempre com carros novinhos, motoristas gente boa e preço bacana", diz o comunicado da 99 que está sendo entregue aos usuários do seu aplicativo habitual para táxis.

Segundo a reportagem apurou, por enquanto o 99 está em fase de cadastramento de motoristas. Não há prazo para o início de seu funcionamento. Procurada através de sua assessoria de imprensa, a empresa não respondeu até a publicação desta reportagem.

Em São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ), onde o ´99 Pop´ funcionou pela primeira vez no início deste ano, os preços são similares aos cobrados dos usuários da Uber. O passageiro pode escolher entre a modalidade carona e ao menos três tipos de táxis, com preços diferentes, ao ligar o aplicativo e informar o seu trajeto.

Como vantagem nesses locais, o 99 atende áreas não cobertas pela Uber, por questões como alta incidência de assaltos, e também não tem alterações de preços em horários de pico, chamada de ´tarifa dinâmica´ pelo pioneiro do serviço em Campo Grande.  

Aos motoristas, a 99 tenta atrair motoristas oferecendo uma taxa de cerca de 17% do valor das corridas a ser cobrada, além de crédito instantâneo ao profissional do montante a que tem direito. Na Uber, esse desconto pode chegar a 25% e os repasses são mensais.

Será o terceiro aplicativo a iniciar atuação na Capital. Depois da Uber, que iniciou operação na cidade em setembro do ano passado, desde abril funciona também o K-rona Gold, ainda de baixa adesão, e que cobra R$ 1 para cada quilômetro rodado dos usuários e R$ 270 mensais dos motoristas cadastrados.

BRIGAS

O ´99 Pop´ vem em meio ao imbróglio envolvendo a Prefeitura e os aplicativos de transporte público inhdividual desde maio, quando o prefeito Marcos Trad (PSD) baixou decreto com uma série de normas ao serviço, como a realização de cursos de formação como os exigidos aos taxistas, identificação externa dos veículos, utilizar carros com até cinco anos de fabricação, comprado no nome do profissional, e cadastramento através da MEI (Microempreendedor Individual), com recolhimento de impostos e informações de corridas à Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), que fiscalizaria o serviço.

No início de agosto, no entanto, o juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, suspendeu por tempo indeterminado os efeitos do decreto após uma ação movida pelo Ministério Público Estadual. 

A alegação do magistrado é de que os serviços oferecidos pelas caronas pagas são os mesmos "das agências de viagens, quando um cliente contrata um transfer ou uma viagem de carro particular" e não "um serviço de transporte público essencial." 











Plantão

.
19/10/2017 - 17:36   Sanesul de Itaporã comunica que faltará água em 13 bairros nesta sexta-feira
19/10/2017 - 16:50   Itaporã: chuva chega após tempestade de Terra amenizando o calor
19/10/2017 - 14:31   Ventania derruba árvore e destrói Blazer comprada há uma semana em Dourados
19/10/2017 - 14:22   Nova série da Netflix, ´O Justiceiro´ ganha data de estreia
19/10/2017 - 14:17   Com estoque quase zerado, Hemosul necessita de sangue O positivo e negativo
19/10/2017 - 14:14   Após briga em banho de sol, lutador e Nando podem ser transferidos de presídio
19/10/2017 - 14:09   Águas Guariroba está entre as 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil
19/10/2017 - 14:05   Casal é detido por dar aulas de crossfit sem autorização do Conselho
19/10/2017 - 14:02   Deputados cogitam liminar para retorno dos abates em frigoríficos no Estado
19/10/2017 - 13:58   Manifestantes tentam entrar na Assembleia com faca, bebida e explodem bomba
19/10/2017 - 13:54   Corrêa garante que CPI vai entrar com liminar para retomada de abates
19/10/2017 - 13:51   Suspeito de abusos sexuais oferecia presentes para menores
19/10/2017 - 13:46   Novo trecho do macroanel rodoviário ligará saídas de Cuiabá e Rochedo
19/10/2017 - 12:59   Em Itaporã tempestade de terra deixa município em Alerta
19/10/2017 - 10:08   Batata e alface registram menores preços nas gôndolas
19/10/2017 - 10:00   Estudante de medicina é presa levando ossada para envernizar em chácara
19/10/2017 - 09:38   Jornalista é preso em flagrante depois de receber R$ 7 mil de prefeito
19/10/2017 - 09:33   Lutador que matou hóspede e Nando trocam agressões em presídio
19/10/2017 - 09:29   Ministério Público recomenda exoneração de secretário de educação
19/10/2017 - 09:23   Mobilização de trabalhadores de frigorífico chama atenção no centro da Capital
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 8171-8561 - Mande um whats!