Contato: (67) 98186-1999 - Mande um whats!
Home | Notícias | Fotos | Vídeos | Anúncie | Contato

Domingo, 24 de Junho de 2018






Warning: getimagesize(/home/agoraiii/public_html/fotos/noticias/Administrativos da educação aceitam proposta do governo e colocam fim a greve) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/agoraiii/public_html/inc.exibe.php on line 98
Administrativos da educação aceitam proposta do governo e colocam fim a greve
Paralisação começou na terça e estava prevista até 30 de abril


14 de Abril de 2018 - 07:40           principal  |  imprimir - Enviar Materia

 

 
 

Em assembleia geral realizada nesta sexta-feira (13), trabalhadores da educação decidiram por fim a greve dos servidores administrativos. A paralisação começou na terça-feira (10) e estava prevista até dia 30 de abril. Após três dias de negociações, a categoria decidiu aceitar proposta apresentada pelo governo do Estado.

Conforme o presidente da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), Jaime Teixeira, a nova proposta mantém reajuste de 3,04% (concedido a todas as categorias de servidores), auxílio alimentação de R$ 100 válido a partir deste mês, especificamente para os administrativos, e incorpora 50% do abono (R$ 100 ) a partir de outubro de 2018 e mais 50% a partir de março de 2019, sendo que essa última não será feita em caráter definitivo na tabela inicial.

“É evidentemente que a categoria queria que fossem atendidas todas as reivindicações de imediato, mas, diante da queda de braço com o governo, essa proposta representa um avanço”, considera o presidente.
Conforme Teixeira, mais de 400 trabalhadores participaram da assembleia geral, 70% votaram pela aprovação e 30% pela reprovação da proposta.

Greve definida na semana passada pela Fetems deixou alunos sem merenda e escolas sujas. A categoria levava em conta que sem o abono incorporado este ano, servidores administrativos continuariam recebendo abaixo do salário mínimo. O Estado rebatia com a afirmação de que “mesmo na tabela de salários do grupo constar para administrativo da educação em início de carreira remuneração inferior ao mínimo, nenhum servidor recebe menos que o piso nacional”, conforme nota.











Plantão

.
23/06/2018 - 14:22   PRF apreendeu 41 armas de fogo na última semana
23/06/2018 - 14:18   Motociclista perde os dentes após colidir moto em carro estacionado
23/06/2018 - 14:16   Hamilton confirma melhor desempenho e crava pole no GP da França
23/06/2018 - 14:14   Douglas Costa sofre lesão muscular na coxa e não enfrenta a Sérvia
23/06/2018 - 14:00   Jovens nascidos em 2000 devem fazer o alistamento militar
23/06/2018 - 13:56   Homem morre em Dourados após acidente na BR-163
23/06/2018 - 09:50   Sistema informatizado propõe auxilio ao produtor rural na gestão de risco
23/06/2018 - 09:45   Acelerador linear do Hospital do Câncer será inauguração em julho
23/06/2018 - 09:44   Jovem de 24 anos comete suicídio na Vila União em Itaporã
23/06/2018 - 09:30   DOF prende casal tentando levar 273 quilos de maconha para a Bahia
23/06/2018 - 09:20   Governo vai investir R$ 33 milhões em ampliação do Hospital Regional
23/06/2018 - 09:10   Ministro Fachin arquiva pedido de liberdade do ex-presidente Lula
23/06/2018 - 09:00   Deputados estão divididos sobre o rumo da aliança do partido em MS
23/06/2018 - 08:54   Famasul e Sejusp firmam parceria para prevenção de incêndios
23/06/2018 - 08:50   Em Mato Grosso do Sul, 17 estão sob proteção por correrem risco de morte
23/06/2018 - 08:40   Obras do Terminal Intermodal de Cargas vão continuar paradas na Capital
23/06/2018 - 08:27   Estado deve quase R$ 1 bilhão em precatórios e chama 1.378 credores
22/06/2018 - 16:20   Deputado Renato Câmara é entrevistado no Programa Espaço Aberto, com Amarildo Ricci
22/06/2018 - 15:51   Senai irá propor à Aneel auxílio em auditorias do Programa de Eficiência Energética
22/06/2018 - 15:45   Obras e serviços na BR-163/MS exigem pare-e-siga da CCR MSVia
 
 


















Itapora Agora - Onde a Noticia Acontece

(67) 98186-1999 - Mande um whats!